Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento e validação de hemocomponentes obtidos de sangue de cordão umbilical e placentário para uso em medicina transfusional

Processo: 16/25281-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Elenice Deffune
Beneficiário:Elenice Deffune
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Ângela Cristina Malheiros Luzo
Bolsa(s) vinculada(s):18/04787-9 - Processamento e validação de hemocomponentes obtidos de sangue de cordão umbilical e placentário para uso em medicina transfusional, BP.TT
Assunto(s):Medicina transfusional 

Resumo

RESUMOA terapia transfusional em neonatologia é uma prática constante nas unidades de terapia intensiva, principalmente em recém-nascidos de extremo baixo peso (RNEBP). Porém, estudos apontam implicações clínicas provocadas pela exposição desses pacientes à transfusão, que podem interferir tardiamente no seu desenvolvimento. Alternativas para diminuir a necessidade de transfusão no período neonatal para RNEBP são descritas, dentre elas o clampeamento tardio do cordão umbilical, que ocasiona um retorno maior do sangue placentário para o RN, diminuindo assim a necessidade de transfusão. Entretanto, para RNEBP, o tempo de internação pode se estender, e mesmo com a utilização dessa técnica, o paciente pode vir a necessitar de transfusão sanguínea. O sangue do cordão umbilical e placentário (SCUP) tem sido explorado com o passar dos anos pelas áreas da hemoterapia, terapia celular e medicina regenerativa, por se tratar de um material rico em células e componentes proteicos. Frente a isso, o presente trabalho foi delineado com a proposta de explorar a qualidade desse material, na forma de hemocomponentes, principalmente concentrado de hemácias, para viabilizar seu uso em transfusão de RNEBP. O projeto em parceria com Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário da UNICAMP tem como objetivo validar o processamento e avaliar a qualidade dos hemocomponentes obtidos de SCUP em comparação com os hemocomponentes adultos, que são utilizados atualmente pelos serviços transfusionais, em busca de esclarecer quais seriam as vantagens de se utilizar este material para transfusão de RNEBP. Dessa forma, as bolsas excedentes do processo produtivo dos BSCUP que apresentarem baixa celularidade (< 8x108 de células nucleadas totais) para o processamento com fins de obtenção de células tronco hematopoiéticas, serão aproveitadas para a realização do projeto. O processamento será realizado por método convencional, o mesmo utilizado pelos hemocentros para preparação dos hemocomponentes, através de centrifugação e separação automatizada; e também utilizando o mesmo equipamento que realiza o processamento do SCUP nos BSCUP, o SEPAX 2 da Biosafe®. Com isso, espera-se obter uma análise comparativa dos métodos, para definir qual seria o melhor processamento, levando em consideração o custo/benefício de todo o processo, assim como sua reprodutibilidade posteriormente, tanto pelos BSCUP quanto pelos Hemocentros. (AU)