Busca avançada
Ano de início
Entree

Materiais inteligentes para células eletroquímicas que operam em altas temperaturas

Processo: 18/02172-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 10 de julho de 2018 - 09 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Edson Antonio Ticianelli
Beneficiário:Edson Antonio Ticianelli
Pesquisador visitante: Massimiliano Lo Faro
Inst. do pesquisador visitante: Consiglio Nazionale delle Ricerche (CNR), Itália
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/16930-7 - Eletrocatálise V: processos eletrocatalíticos de interconversão entre as energias química e elétrica, AP.TEM
Assunto(s):Eletroquímica  Oxidação  Etanol  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

Esta proposta relaciona-se ao desenvolvimento de novos eletrocatalisadores de metais não nobres para células eletroquímicas com eletrólito de óxidos sólidos. Os materiais sugeridos são baseados em cerâmicas (ligas de Ni combinadas com ceria dopada) ou perovskitas (baseadas em Co ou Fe) dopadas com Ni, que serão utilizadas como camadas funcionais para o eletrodo de combustível de Célula a Combustível de Óxido Sólido (SOFC) e de Células Eletrolíticas de Óxido Sólido (SOEC). Com base no conhecimento adquirido no âmbito de projeto PVE "Pesquisador Visitante Especial" (processo CNPq nº402180/2012-7) finalizado recentemente, esta proposta deve envolver as seguintes atividades de pesquisa: i) investigação de outros materiais de eletrodos conforme projeto temático (Fapesp Proc. 2013/16930 -7), tendo como meta a redução da temperatura de operação de 800° C (a temperatura usada na cooperação anterior) para 500-700° C; ii) melhora da utilização do combustível, que será caracterizada avaliando os efluentes da célula; iii) uso de camada promotora no eletrodo de combustível da SOEC, a fim de otimizar a co-eletrólise de CO2 e H2O para produzir diretamente metano e diminuir a quantidade de H2 necessária para manter o Ni no estado metálico. Embora as atividades i) e ii) sejam voltadas à melhoria dos resultados alcançados na nossa cooperação anterior, a atividade iii) corresponde a uma abordagem inovadora que visa melhorar a compreensão ou possibilitar a previsão dos processos que ocorrem em condições operacionais das SOEC, especialmente no que se refere à seletividade para a produção de combustíveis diferentes do H2 e do CO. Sobretudo, o objetivo final desta proposta é a consolidação das atividades bilaterais de pesquisa para abrir os caminhos para adesão nos programas H2020 dedicados à cooperação entre União Européia e o Brasil. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.