Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise e modelagem do comportamento térmico, óptico, e mecânico dos tecidos orais sadios e desmineralizados durante radioterapia submetidos à irradiação laser em alta intensidade de pulsos curtos associados ou não a materiais bioativos

Processo: 17/21887-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2018 - 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Pesquisador responsável:Patricia Aparecida da Ana
Beneficiário:Patricia Aparecida da Ana
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Pesq. associados:Juliana Kelmy Macário Barboza Daguano
Assunto(s):Temperatura  Laser  Neoplasias  Modelagem 

Resumo

A radioterapia de pacientes com câncer na região de cabeça e pescoço gera graves efeitos colaterais, dentre os quais se destaca a cárie de radiação, agressiva e de rápida evolução, principalmente em dentina radicular. Considerando que o paciente apresenta-se bastante debilitado durante a radioterapia, faz-se necessário um método de prevenção mais duradouro. Lasers em alta intensidade têm se mostrado eficazes na prevenção da desmineralização, mas nada se sabe sobre os efeitos em tecidos duros quimicamente alterados devido à radioterapia. Ainda assim, a associação de lasers com materiais bioativos, importantes para a remineralização de lesões por meio da formação de hidroxiapatita carbonatada, não foi explorada para estas situações. Neste projeto, objetiva-se avaliar os efeitos de lasers emissores no infravermelho e no ultravioleta, de pulsos curtos, em dentina radicular submetida à radiação ionizante, assim como verificar se a radiação laser pode aumentar a retenção de um vitrocerâmico bioativo - Biosilicato®. Para tal, este projeto encontra-se subdividido em quatro partes experimentais, em que se buscará, primeiramente, parâmetros seguros de irradiação para dois comprimentos de onda laser de pulsos curtos (355 nm e 1064 nm, 5 ns) associados a vitrocerâmico bioativo de tecnologia nacional empregando-se testes in vitro e modelo computacional de geração e propagação de calor. Nas demais fases experimentais, serão efetuados testes in vitro e simulação computacional de comportamento mecânico de tal associação e, por último, será avaliada a ação anticariogênica e da perda mineral por meio de ciclagem de pH e teste de microdureza. Será efetuada avaliação estatística, sendo 5% o nível de significância considerado. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.