Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do consumo das proteínas do soro do leite na expressão das heat-shock proteins (HSPs) e na microbiota intestinal

Processo: 17/16886-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Jaime Amaya Farfan
Beneficiário:Jaime Amaya Farfan
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Aline Rissetti Roquetto ; Andrey dos Santos ; Carolina Soares de Moura ; Mario Jose Abdalla Saad ; Pablo Christiano Barboza Lollo ; Priscila Neder Morato ; Valfredo de Almeida Santos Junior
Assunto(s):Aminoácidos  Nutrição experimental  Estresse  Peptídeos  Sistema imune  Microbioma gastrointestinal 

Resumo

A obesidade pode reduzir a expressão das heat shock proteins (HSPs). As HSPs funcionam como parte do sistema natural de defesa reparando danos celulares causados por diversos tipos de estresse. Tem sido mostrado que aumentos na expressão das HSPs podem prevenir ou remediar danos causados pela obesidade induzida por dieta hiperlipídica, promovendo melhoras na sensibilidade à insulina, tolerância à glicose e redução da inflamação. Elevação da expressão das HSPs inibe a fosforilação das quinases c-Jun NH2-terminal quinase (JN K) e kB quinase-B (IKK²), espécies que estão aumentadas na obesidade, de tal sorte que o aumento das HSPs tem sido sugerido como estratégia para melhorar a tolerância à glicose em obesos. As nossas pesquisas, por outro lado, apontam que o consumo das proteínas hidrolisadas do soro do leite (PSLH) eleva a expressão das HSPs em animais não obesos. A dieta hiperlipídica tem sido a mais usada para induzir a obesidade em animais experimentais. Entretanto, tendo em conta que o modelo de dieta cafeteria é mais eficaz na indução das características da obesidade e ainda é um modelo mais parecido com uma dieta humana, nesta proposta optou-se por utilizar a dieta tipo cafeteria. Assim, o objetivo da presente proposta é investigar a influência do consumo da PSLH sobre a expressão das HSPs em animais obesos induzidos pela dieta cafeteria. Até o momento não encontramos nenhum estudo que investigue o efeito da PSLH nas HSPs em animais obesos e tampouco sob a influência da dieta cafeteria. Para tanto, utilizaremos ratos machos Wistar, divididos em quatro grupos (n=8): controle (ração comercial Labina), cafeteria, cafeteria adicionado de caseína e cafeteria adicionada de PSLH. Serão determinados os seguintes parâmetros: glicemia, colesterol total e frações, triglicerídeos, proteínas totais, albumina, glubulina, AST, ALT, ácido úrico, insulina, interleucinas IL-1², IL-10, IL-6, peptídeo-C, GIP, GLP-1 e teor de tiol. Hemograma, testes de tolerância à glicose, histologia do fígado e glicogênio também serão mensurados. Será avaliada a expressão das proteínas teciduais: HSP70, HSP90, HSP60, HSP25, IKK², JNK, GLUT4, GPx, SOD, catalase, AMPK, aAKT, lipase, TLR4, NFk², TNF±, MyD88, MD-2, IL6, PGC, IDE por meio da técnica de western blot. No tecido adiposo serão analisados os seguintes parâmetros: Foxp3, IFN³, IL6, TNF±, IL-10, IL-4, TGF², Smad 3, além da infiltração de macrófagos, por meio de imunohistoquímica. As HSP60 e HSP70 séricas também serão analisadas. Tendo por base resultados nossos mostrando que a PSLH tem também um efeito protetor às mudanças adversas da dieta hiperlipídica sobre a microbiota intestinal, ao anterior será adicionada a análise da microbiota cecal. Com os dados gerados espera-se contribuir para uma compreensão mais integrada sobre o efeito dos alimentos na saúde: um panorama no qual se tem, de um lado, componentes lipídicos da dieta que promovem doença crônica e, do outro, componentes proteicos que agem no sentido de neutralizar os efeitos nocivos dos primeiros. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AIRES MACHADO, KARLA IDELCA; ROQUETTO, ALINE RISSETTI; MOURA, CAROLINA SOARES; LOPES, ALINE DE SOUZA; CRISTIANINI, MARCELO; AMAYA-FARFAN, JAIME. Comparative impact of thermal and high isostatic pressure inactivation of gram-negative microorganisms on the endotoxic potential of reconstituted powder milk. LWT-FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 106, p. 78-82, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
MOURA, CAROLINA SOARES; BARBOZA LOLLO, PABLO CHRISTIANO; MORATO, PRISCILA NEDER; AMAYA-FARFAN, JAIME. Dietary Nutrients and Bioactive Substances Modulate Heat Shock Protein (HSP) Expression: A Review. NUTRIENTS, v. 10, n. 6 JUN 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.