Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejos especiais da adubação nitrogenada em cultivos de cana-açúcar, milho e feijoeiro visando aumento na eficiência de uso de N e da produtividade agrícola

Processo: 17/24516-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Paulo Cesar Ocheuze Trivelin
Beneficiário:Paulo Cesar Ocheuze Trivelin
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Henrique Coutinho Junqueira Franco ; José Albertino Bendassolli ; Marcilio de Almeida
Assunto(s):Manejo e tratos culturais  Adubação  Fertilizantes nitrogenados  Isótopos de nitrogênio  Ureia  Ciclagem de nutrientes  Milho  Feijão  Cana-de-açúcar 

Resumo

Para a agricultura moderna que visa produzir alimentos, fibra e energia para uma crescente população mundial da ordem de sete bilhões de pessoas é fundamental o uso de tecnologias avançadas de manejo de nutrientes, assim como de uso de insumos apropriados, nos vários ambientes produtivos, para se manter a produtividade e a sustentabilidade dos sistemas agrícolas. Neste contexto se insere as pesquisas propostas neste projeto, que é composto de dois subprojetos, com hipóteses e objetivos próprios, que se relacionam diretamente ao tema: "Manejos especiais da adubação nitrogenada em cultivos de cana-açúcar, milho e feijoeiro visando aumento na eficiência de uso de N (EUN) e da produtividade agrícola". O diferencial deste projeto com outras pesquisas na mesma linha, conduzidas em outras instituições, no país e no exterior, relaciona-se com o uso de traçador isotópico para nitrogênio, o 15N. O LIE/CENA-USP é detentor de "know-how", com mais de 40 anos de experiências, representado hoje por modernos laboratórios altamente especializados, tanto no enriquecimento do isótopo pesado de N (15N), como na produção de diferentes fontes nitrogenadas, convencionais e não convencionais, marcadas com 15N, além de espectrômetros de massas (IRMS), equipamentos especiais para as determinações de razão dos isótopos estáveis de N (15N/14N), em diferentes matrizes analíticas. As pesquisas do projeto são de interesse de duas empresas do agronegócio que subscreveram cartas de adesão e darão apoio ao desenvolvimento dos trabalhos em campo. (AU)