Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento estrutural para a utilização da Teoria dos Jogos na solução de problemas multicritério de tomada de decisão em grupo nas organizações

Processo: 16/03722-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração
Pesquisador responsável:Alexandre Bevilacqua Leoneti
Beneficiário:Alexandre Bevilacqua Leoneti
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados: Luiz Flavio Autran Monteiro Gomes
Assunto(s):Teoria dos jogos  Pesquisa operacional  Tomada de decisão  Análise de decisão multicritério 

Resumo

A tomada de decisão em grupo cada vez tem mais destaque nas organizações devido à necessidade de lidar com problemas complexos, com várias alternativas e critérios, em um ambiente de interação estratégica. Neste sentido, métodos que propiciem transparência e objetividade ao processo de decisão são necessários para apoiar a construção das soluções neste ambiente. Dentro deste contexto, Leoneti (2016) propôs um método baseado em princípios da teoria dos jogos para modelar o processo de tomada de decisão em grupo, considerando os perfis dos jogadores e suas diferentes preferências sobre os múltiplos critérios em avaliação. A vantagem da utilização do método proposto por Leoneti (2016) envolve os benefícios de se tratar a resolução de um problema a partir de uma visão multicritério, em um processo de decisão em grupo, onde os agentes não precisam, necessariamente, estarem dispostos a tomar uma decisão colaborativa. No entanto, possíveis desvantagens para o método Leoneti (2016) estão relacionadas às limitações da função de comparação par-a-par (função phi), que foi modelada a partir de álgebra linear e é utilizada como passo intermediário para a proposição da função utilidade proposta. Assim, um objetivo deste projeto é propor novas funções matemáticas, baseadas em teoria da decisão, para eventualmente substituir a equação phi no método acima mencionado. Dentre estas possíveis funções disponíveis na literatura, tem destaque a função phi utilizada no método TODIM, que é baseada em uma consolidada teoria da decisão, que é a teoria dos prospectos. Um segundo objetivo está relacionado à estruturação do método de forma a permitir que gestores possam utilizar-se desta nova abordagem para auxiliar na escolha de alternativas em problemas multicritério em grupo. Isto inclui uma fase de definição axiomática do método, apresentando sua característica de medida ordinal e o carácter endógeno da análise. O potencial impacto da pesquisa está relacionado à consolidação de um método inédito na literatura para tratar problemas multicritério em ambiente de grupo. (AU)