Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre neurônios e células satélite no gânglio da raiz dorsal: sinalização do ATP no desenvolvimento das hiperalgesias inflamatória e neuropática

Processo: 17/23485-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Carlos Amilcar Parada
Beneficiário:Carlos Amilcar Parada
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Dor  Trifosfato de adenosina  Receptores purinérgicos P2X7  Gânglios espinais 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Atp | Dor | Gânglio da raiz dorsal | receptor P2X4 | receptor P2X7 | Neurobiologia da dor

Resumo

O gânglio da raiz dorsal é um importante sítio de modulação da dor. Estudos realizados em nosso e em outros laboratórios tem sugerido que a interação entre neurônios sensoriais e células satélites gliais é importante no desenvolvimento tanto da dor inflamatória quanto da dor neuropática. Muitas moléculas envolvidas nesta interação emergem como um dos mais promissores alvos farmacológicos no controle distinto da dor inflamatória e neuropática, dentre elas o ATP. Essa molécula inicialmente conhecida como uma fonte de energia intracelular também exerce importante papel na sinalização intracelular e intercelular em condições fisiológicas e patológicas. No gânglio da raiz dorsal o ATP pode ser liberado pelo corpo dos neurônios sensoriais por meio da exocitose lisossomal ou através dos canais de membrana denominados Panexinas (panx). Atualmente o ATP tem sido considerado uma das moléculas mais importante na interação neurônio-glia nos gânglios sensoriais. Ensaios in vivo e in vitro realizados pelo nosso grupo sugerem que o ATP agindo no receptor P2X7 é importante para o desenvolvimento da hiperalgesia inflamatória. Porém no desenvolvimento da hiperalgesias neuropáticas, a ativação do receptor P2X4 parece ser mais importante. Dessa forma, o projeto aqui apresentado está subdividido em dois subprojetos: O primeiro tem o intuito de estudar a participação de fibras C, receptores P2X4 e P2X7 no desenvolvimento da hiperalgesia inflamatória induzido por carragenina e PGE2, e na hiperalgesia neuropática induzida por paclitaxel. O segundo tem como objetivo estudar a sinalização do ATP liberado no gânglio da raiz dorsal no desenvolvimento da hiperalgesia inflamatória induzida por carragenina e também na neuropatia induzida por quimioterápico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MAGALHAES, SILVIANE F.; MANZO, LUIS P.; DE FARIA, FELIPE M.; DE OLIVEIRA-FUSARO, MARIA C.; NISHIJIMA, CATARINE M.; VIEIRA, WILLIANS F.; BONET, IVAN J. M.; DOS SANTOS, GILSON G.; TAMBELI, CLAUDIA H.; PARADA, CARLOS A.. Inflammatory pain in peripheral tissue depends on the activation of the TNF-alpha type 1 receptor in the primary afferent neuron. European Journal of Neuroscience, v. 53, n. 2, p. 376-389, . (14/25153-7, 17/23485-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.