Busca avançada
Ano de início
Entree

Developing a process to screen for health literacy in family caregivers of older people and refining a support intervention for use with caregivers experiencing low levels of health literacy

Processo: 17/50317-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: ATN
Pesquisador responsável:Alessandro Ferrari Jacinto
Beneficiário:Alessandro Ferrari Jacinto
Pesq. responsável no exterior: Christine Toye
Instituição no exterior: Curtin University, Austrália
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Idosos  Demência  Projetos SPRINT 

Resumo

Em muitos países em todo o mundo, as populações estão envelhecendo. Atualmente, no Brasil, existem 29 milhões (14,3%) de pessoas com 60 ou mais anos, o que deverá aumentar para 65 milhões em 2050. Na Austrália, aproximadamente 15% da população tinha 65 anos ou mais em 2016, correspondendo a 3,7 milhões de pessoas. Em 2056, prevê-se que 22% da população (8,7 milhões de pessoas) estejam nesta faixa etária. O envelhecimento da população está associado a uma maior prevalência de condições de saúde crônicas, muitas das quais resultam em dependência funcional. Os cuidadores familiares têm um papel crítico e multifacetado para ajudar a manter o atendimento domiciliar para pessoas mais velhas que possuem tais condições de saúde. Para alcançar muitos desses requisitos de atendimento com sucesso, os cuidadores familiares precisam ter uma boa compreensão das informações relacionadas à saúde (alfabetização em saúde). Este projeto piloto será realizado para preparar futuras submissões para financiamentos na Austrália e no Brasil a fim de conduzir um estudo em dois centros para identificar e apoiar cuidadores familiares de pessoas mais velhas que têm baixos níveis de alfabetização em saúde. (AU)