Busca avançada
Ano de início
Entree

Valuing and protecting geoheritage: comparing the experiences of South Africa and Brazil

Processo: 17/50177-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2018 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Convênio/Acordo: National Research Foundation, África do Sul
Pesquisador responsável:Maria da Glória Motta Garcia
Beneficiário:Maria da Glória Motta Garcia
Pesq. responsável no exterior: Jasper Knight
Instituição no exterior: University of the Witwatersrand (Wits), África do Sul
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/18652-2 - O patrimônio geológico da região costeira do Estado de São Paulo: inventário e valorização com suporte de tecnologias geoespaciais, AP.R
Assunto(s):Patrimônio geológico  Conservação dos recursos naturais   Ciências sociais  Comunicação pública  Estudo comparativo  Brasil  África do Sul  Projetos SPRINT 

Resumo

Este projeto baseia-se em metodologias de ciências sociais de investigação ambiental e na avaliação do público e das partes interessadas sobre as políticas e práticas ambientais e na avaliação da paisagem para a avaliação do patrimônio geológico. O projeto é baseado em três aspectos. O WP1 centra-se na revisão e compreensão do quadro legislativo e político para conservação e gestão do geo-patrimônio nos dois países, incluindo na gestão ambiental e da conservação da paisagem/área cênica. Incluirá entrevistas com partes interessadas estratégicas, como funcionários governamentais e planejadores regionais de conservação e tomadores de decisão. O WP2 envolve avaliação de práticas atuais baseadas em sites existentes onde o patrimônio é considerado parte significativa. Levantamentos da compreensão pública do patrimônio e geoconservação será feito, a fim de avaliar até que ponto estas questões estão presentes na consciência pública. O WP3 integrará esses resultados para informar sobre intervenções estratégicas na comunicação pública e promoção do patrimônio geológico, com base em estudos de casos locais. Os impactos dessas intervenções serão examinados com base em questionários e entrevistas com os visitantes e os gestores. O projeto utiliza uma metodologia integrada de ciências sociais, informada por quadros governamentais e de gestão, com resultados mensuráveis que serão relevantes para os sites qeoreferenciados existentes e em desenvolvimento para o público em geral e cara os administradores. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.