Busca avançada
Ano de início
Entree

Varredura Genômica revela estratificação populacional e assinaturas de seleção recente em Bovinos Nelore

Processo: 18/04746-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de maio de 2018 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Joslaine Noely dos Santos Goncalves Cyrillo
Beneficiário:Joslaine Noely dos Santos Goncalves Cyrillo
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Assunto(s):Genômica  Polimorfismo genético 

Resumo

Introdução: Este estudo teve como objetivo (1) avaliar a estratificação genômica de linhas experimentais de bovinos Nelore submetidas a diferentes regimes de seleção para características de crescimento e (2) identificar regiões genômicas afetadas pela seleção recente. Utilizamos uma amostra de 763 animais genotipados com o Illumina BovineHD BeadChip, dentre os quais 674 animais originaram-se de duas linhas que são mantidas sob seleção direcional para aumentar o peso corporal ao sobreano e 89 animais de uma linha de controle que é mantida sob seleção estabilizadora. Resultados: A análise multidimensional da matriz de dissimilaridade genômica e a análise de admixture revelaram um nível substancial de estratificação populacional entre as linhas de seleção direcional e a linha sob seleção estabilizadora. Dois dos três testes utilizados para detectar assinaturas de seleção (FST, XP-EHH e iHS) revelaram seis regiões candidatas com indicações de seleção, o que indica fortemente sinais verdadeiramente positivos. O conjunto de genes candidatos identificados incluiu vários genes com funções relacionadas ao metabolismo do crescimento, como COL14A1, CPT1C, CRH, TBC1D1 e XKR4. Conclusões: Este estudo identificou a estratificação genética que resultante de quase quatro décadas de seleção divergente em uma população experimental de Nelore e destacou as regiões genômicas autossômicas que apresentam padrões de seleção recente. Nossas descobertas fornecem uma base para uma melhor compreensão do mecanismo metabólico subjacente aos traços de crescimento, que são modificados por seleção para o peso corporal de um ano. (AU)