Busca avançada
Ano de início
Entree

O ácido palmitoléico (16: 1n7) aumenta o consumo de oxigênio, a oxidação de ácidos graxos e o conteúdo de ATP em adipócitos brancos

Processo: 18/04445-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de abril de 2018 - 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Maria Isabel Cardoso Alonso-Vale
Beneficiário:Maria Isabel Cardoso Alonso-Vale
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Tecido adiposo 

Resumo

CONTEXTO: Demonstramos recentemente que o ácido palmitoleico (16: 1n7) aumenta a lipólise, a captação de glicose e a utilização de glicose para a produção de energia em adipócitos brancos. No presente estudo, testámos a hipótese de que o ácido palmitoleico modula a atividade bioenergética em adipócitos brancos. MÉTODOS: para tanto, pré adipócitos 3T3-L1 foram diferenciados em adipócitos maduros na presença (ou ausência) de ácido palmítico (16: 0) ou palmitoleico (16: 1n7) a 100 ou 200 ¼M. Foram avaliados os seguintes parâmetros: lipólise, lipogênese, oxidação de ácidos graxos (AG), conteúdo de ATP, consumo de oxigênio, massa mitocondrial, atividade da citrato sintase e conteúdo proteico dos complexos de fosforilação oxidativa mitocondrial (OXPHOS). RESULTADOS: Tratamento com 16: 1n7 durante 9 dias aumnetou a lipólise basal e estimulada por isoproterenol, a incorporação de AG em triacilglicerol (TAG), a oxidação de AG, o consumo de oxigênio, a expressão protéica das subunidades que representam OXPHOS (complexo II, III e V) e o conteúdo intracelular de ATP. Estes efeitos não foram observados nos adipócitos tratados com 16: 0. CONCLUSÕES: O ácido palmitoleico, por ação orquestrada sobre a lipólise, esterificação de AG, oxidação mitocondrial AG, consumo de oxigênio e conteúdo de ATP, aumenta o gasto de energia de adipócitos brancos e pode atuar como hormônio local. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.