Busca avançada
Ano de início
Entree

The knowledge of power: environmental education and the public understanding of energy

Processo: 17/50385-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2018 - 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Durham University
Pesquisador responsável:Pedro Roberto Jacobi
Beneficiário:Pedro Roberto Jacobi
Pesq. responsável no exterior: Simone Abram
Instituição no exterior: Durham University (DU), Inglaterra
Instituição-sede: Instituto de Energia e Ambiente (IEE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03804-9 - Governança ambiental da macrometrópole paulista face à variabilidade climática, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Sociologia  Educação ambiental  Energia  Transição energética  Mudança climática  Percepção pública da ciência  Projetos SPRINT 

Resumo

A atual "transição energética" - de fósseis a baixos carbono, não renováveis para renováveis, centralizada a descentralizada, nacionalizada para a energia neoliberal - depende de transformações políticas, sociais e tecnológicas muito complexas. A natureza sistêmica e muitas vezes controversa das transformações de energia dificulta a compreensão das pessoas e para que os especialistas se comuniquem. A compreensão pública da energia não só envolve questões de engenharia, mas também questões de cidadania, saúde pública, sustentabilidade ambiental, capacitação do consumidor, etc. Portanto, este projeto visa explorar e desenvolver formas inovadoras de educar e envolver com o público para aumentar conscientização sobre a transição energética e suas implicações socioambientais, seja através de formas convencionais ou não convencionais. O projeto reúne pesquisadores da USP e da Universidade de Durham com interesse comum em energia e educação. Pesquisadores do GOVAMB (USP) desenvolveram um forte conhecimento sobre questões de educação ambiental associadas à governança da água e mudanças climáticas, enquanto a DEI desenvolveu colaborações inovadoras com antropólogos sociais, tornando-se uma instituição líder na Europa nas Ciências Energéticas. A chamada SPRINT é uma oportunidade para nós fundir essas duas áreas de especialização e impulsionar a pesquisa em todos os assuntos relacionados à compreensão pública da energia. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.