Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da fotobioestimulação em diferentes neuropatias periférica em ratos

Processo: 17/05218-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2018 - 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Marucia Chacur
Beneficiário:Marucia Chacur
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hiperalgesia  Neuroanatomia  Nervo isquiático  Dor neuropática  Comportamento  Diabetes mellitus 

Resumo

A técnica de fotobioestimulação, o uso da luz como terapia, é um método não-invasivo que tem demonstrado tanto na pesquisa básica, como na pesquisa clínica ser eficaz na redução da sensibilidade à dor e consequentemente na melhoria da qualidade de vida de pacientes com dor neuropática, dor esta, que é caracterizada por diversas alterações de mediadores químicos e metabólicos. O presente estudo visa examinar, os efeitos da aplicação do laser de baixa intensidade (LLLT) sobre a sensibilidade dolorosa e reparação do nervo isquiático, induzida por neuropatias periféricas como a lesão constritiva crônica (CCI) e a diabetes mellitus tipo 1, em ratos Wistar, utilizando ensaios in vitro e análise comportamental. Ao finalizarmos o tratamento com a fotobioestimulação e os ensaios comportamentais, os animais serão eutanasiados e os tecidos como, nervo isquiático e gânglios das raízes posteriores (L4-L6) serão retirados para posterior análise. Nossos resultados preliminares e parcialmente publicados, apontam para uma melhora na resposta nococeptiva no grupo tratado com o LLLT quando comparado com o grupo sem tratamento, em ambos modelos experimentais. Baseados nos nossos resultados, até o momento, podemos sugerir que o tratamento com LLLT melhora a nocicepção induzida por lesões neuropáticas, além de induzir uma melhora na regeneração do nervo isquiático. Ainda, estudos demonstram que a luz laser penetra no interior do tecido onde é absorvido por cromóforos, resultando no aumento do metabolismo celular através do aumento da síntese de ATP pelas mitocôndrias. No entanto, ainda faltam estudos demonstrando o envolvimento desta técnica na manutenção de dores neuropáticas, no envolvimento de fatores neurotróficos, na reparação dos nervos periféricos e ainda no possível papel das mitocrôndrias. Com isso, nosso objetivo principal é compreender melhor os mecanismos envolvidos na fotobioestimulação utilizando dois modelos de lesão neuropáticas em animais experimentais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, ALEX DE FREITAS; MARTINS, DANIEL DE OLIVEIRA; CHACUR, MARUCIA; LUZ, JOAO GUALBERTO C. The effectiveness of photobiomodulation in the management of temporomandibular pain sensitivity in rats: behavioral and neurochemical effects. Lasers in Medical Science, v. 35, n. 2, p. 447-453, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.
BINDA, K. H.; REAL, C. C.; FERREIRA, A. F. F.; BRITTO, L. R.; CHACUR, M. Antinociceptive effects of treadmill exercise in a rat model of Parkinson's disease: The role of cannabinoid and opioid receptors. Brain Research, v. 1727, JAN 15 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.