Busca avançada
Ano de início
Entree

Vaccínia vírus em amostras de sangue de humanos, mamíferos domésticos e selvagens no Brasil

Processo: 18/00693-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de abril de 2018 - 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Jane Megid
Beneficiário:Jane Megid
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Surtos de doenças  Vírus Vaccinia  Humanos  Animais domésticos  Mamíferos selvagens  Publicações de divulgação científica  Artigo científico 

Resumo

Os surtos do vírus Vaccinia (VACV) que afetam gado e humanos foram relatados no Brasil nos últimos 15 anos, mas a origem dos surtos permanece desconhecida. Embora o DNA de VACV já tenha sido detectado em camundongos (Mus musculus), gambás (Didelphis albiventris) e cães durante surtos zoonóticos de VACV, nenhuma transmissão para bovinos ou humanos de qualquer um deles foi relatada durante surtos brasileiros. Neste trabalho, avaliamos a positividade da PCR ao VACV em amostras de sangue de vacas e outros mamíferos domésticos, roedores selvagens e outros mamíferos selvagens e humanos de áreas com ou sem relatos de infecção por VACV. Nossos resultados mostram a detecção de DNA de VACV em amostras de sangue de vacas, cavalos e gambás, levantando questões importantes sobre a disseminação de VACV. (AU)