Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do envolvimento de mutações presentes nos genes HSD11B1, H6PDH e por em síndromes hiperandrogênicas

Processo: 05/55364-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2006
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Tania Aparecida Sartori Sanchez Bachega
Beneficiário:Larissa Garcia Gomes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mutação   Hiperandrogenismo

Resumo

O hiperandrogenismo é uma alteração comum em mulheres e as principais etiologias são a forma não clássica da deficiência da 21-hidroxilase (NC210H) e a síndrome dos ovários policisticos (SOP). Clinicamente as duas patologias são indistinguíveis. Ambas podem apresentar hirsutismo, acne, irregularidade menstrual, infertilidade e cistos ovarianos. A forma NC210H apresenta herança autossômica recessiva e é decorrente de mutações no gene CYP21A2. Entretanto em nosso estudo populacional de 92 casos de forma não clássica, 18% permaneceram com genótipo incompleto. Este dado sugere que outros genes como o P450 óxido-redutase (POR), que interagem com o da 21-hidroxilase, poderiam estar envolvidos no fenótipo da forma não clássica. Na SOP o achado freqüente de casos familiares, sugere uma base genética. Inúmeros genes foram estudados, porém os achados são controversos, os quais podem refletir as diferentes origens étnicas ou diferentes critérios na seleção dos pacientes. Foram descritos alguns casos com fenótipo da SOP portadores de mutações nos genes da 11b-hidroxiesteróide desidrogenase (HSD11B1) e da hexose-6-fosfato desídrogenase (H6PDH). Nosso objetivo é avaliar o envolvimento de novos genes em síndromes hiperandrogênicas, nos casos de forma NC210H com genótipo incompleto e na SOP. Pesquisaremos a presença de mutações nos genes POR, HSD11B1 e H6PDH, e na identificação de mutações, será realizado estudos funcionais. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GOMES, Larissa Garcia. Estudo da proteína P450 óxido-redutase e dos citocromos hepáticos 2C19 e 3A4 como possíveis moduladores do fenótipo da deficiência da 21-hidroxilase. 2009. 90 f. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.