Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades física e físico-hídricas de um Nitossolo Vermelho sob diferentes sistemas de rotação

Processo: 05/52891-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Dácio Olibone
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/09914-3 - Sistemas de produção agrícola em semeadura direta, AP.PRNX.TEM
Assunto(s):Rotação de culturas   Semeadura direta   Intervalo hídrico ótimo   Sistema radicular

Resumo

Aumentar o potencial de armazenar água através de melhorias nas características físicas e físico-hídricas de um solo que apresenta impedimento mecânico ao crescimento radicular de culturas economicamente importantes é um desafio a se perseguir. Assim, objetiva-se com este trabalho estudar o comportamento de três sistemas de rotação de culturas, sob área em sistema de semeadura direta e escarificação em um Nitossolo Vermelho de textura argilosa. O sistema de rotação de culturas será implantado nas safras de 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008 como segue: (1) milheto / soja / braquiária / milho / braquiária / soja (2) milheto / soja / sorgo / milho / sorgo / soja / sorgo e (3) milheto / soja / mamona / milheto / milho / mamona / milheto / soja / mamona. O delineamento experimental para avaliar os efeitos dos sistemas de rotação e preparo do solo sobre as propriedades físico-hidrícas será o de blocos ao acaso com quatro repetições em esquema de parcelas subdivididas. Serão consideradas parcelas aquelas cultivadas em sistema de semeadura direta e com escarificação, e subparcelas as que forem cultivadas com os sistemas de rotação. O experimento será conduzido por três anos agrícolas para que se possa detectar efeito acumulativo dos tratamentos. Serão analisadas algumas características químicas, físicas e físico-hídricas do solo, bem como o crescimento do sistema radicular das plantas de cobertura, do milho e da soja aos 60 DAE, respectivamente nos últimos dois anos agrícolas, em cinco profundidades (0-5, 5-10, 10-20, 20-40 e 40-60 cm). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIBONE, Dácio. Propriedades físicas do solo relacionadas à produtividade de culturas sob sistemas de manejo. 2009. 151 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.