Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento de potenciais interacoes envolvidas na agregacao e na formacao de fibrilas amiloides em apomioglobina.

Processo: 05/51861-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Inacio Ramos
Beneficiário:Daniel Henrique Do Amaral Corrêa
Instituição-sede: Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS). Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Mioglobina   Dobramento de proteína   Espectroscopia

Resumo

Toda função fisiológica possui uma proteína envolvida e para que uma proteína seja funcional, esta precisa se enovelar corretamente. Logo, não é surpresa alguma que o enovelamento incorreto de uma proteína cause danos para as células e ocasione diversas doenças. Várias doenças causadas pelo enovelamento incorreto já são conhecidas (principalmente neurodegenerativas) e, aparentemente, outras tantas estão para serem descobertas. O enovelamento incorreto de uma proteína causa uma deposição da mesma na célula na forma de agregados ou, genericamente, fibrilas amilóides, ambos com efeito tóxico. Mesmo uma das proteínas mais estáveis e comuns conhecidas, a mioglobina, tem a capacidade de formar agregados e fibrilas amilóides, o que resultou na hipótese de que a formação destas espécies é uma propriedade de todas as proteínas. Contudo, existem diferenças entre as estruturas fibrilares que são formadas por proteínas com seqüências diferentes, e ainda pouco se conhece sobre as interações na cadeia polipeptidica que favorecem a formação de fibrilas amilóides. Nosso laboratório tem utilizado a mioglobina como um modelo do estudo de estabilidade de proteínas através de mutações sítio-dirigidas que alteram alguns resíduos da proteína. Vários destes mutantes já foram caracterizados e compreendem alterações diversas na proteína: empacotamento, perfil eletrostático, propensão de formação de hélices, extensão (deleção) e ordem (permutação). Nossa proposta é caracterizar, por diversos parâmetros físico-químicos, a... (AU)