Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da qualidade de vida e de transtornos psíquicos em pacientes de risco para diabetes mellitus na resposta a programa de intervenção no estilo de vida

Processo: 08/51586-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Sandra Roberta Gouvea Ferreira Vivolo
Beneficiário:Adriana Cezaretto
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno da compulsão alimentar   Modo de vida   Intervenção psicológica   Depressão

Resumo

O diabetes mellitus (DM) tipo 2 é problema de saúde pública mundial. No Brasil estima-se que cerca de 6 milhões de pessoas sejam diabéticas e projeta-se que este número aumente para 10 milhões até 2010, havendo necessidade de intervenção em indivíduos de risco. É possível que a co-existência de transtornos psíquicos possam auxiliar na identificação de indivíduos que respondam a programas de prevenção de DM. Este trabalho visa avaliar qualidade de vida e estimar a freqüência de depressão e de compulsão alimentar periódica em indivíduos de risco para DM tipo 2 antes, durante e após 9 meses de intervenção no estilo de vida. O estudo longitudinal controlado incluirá adultos de ambos os sexos, portadores de condições pré-diabéticas. Serão avaliados na situação basal e após 9 meses de intervenção nos hábitos alimentares e de atividade física, por meio de questionários padronizados, além de antropometria, pressão arterial e parâmetros bioquímicos. Os questionários abordarão entre outros aspectos, qualidade de vida e presença de depressão e/ou compulsão alimentar periódica. O grupo controle receberá apenas as orientações habituais do atendimento médico do SUS, enquanto o grupo intervenção participará de consultas individuais com equipe multiprofissional e diversos grupos operativos que lidarão com questões relacionadas é sua saúde física e psíquica. A análise estatística será realizada por testes paramétricos e não-paramétricos. Serão feitos cálculos de freqüências (por ponto e intervalo) de transtornos psíquicos, excesso de peso, obesidade abdominal, dislipidemia, hipertensão e DM nos 2 momentos do protocolo (basal e após 9 meses), nos 2 grupos de indivíduos (controle e intervenção) e comparadas pelo qui-quadrado. O nível de significância será de p<0,05. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CEZARETTO, Adriana. Intervenção interdisciplinar para prevenção de Diabetes Mellitus sob a perspectiva da psicologia: benefícios na qualidade de vida. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.