Busca avançada
Ano de início
Entree

Memórias, subjetividades e militância política: os usos do passado pelas "Mujeres Libres"

Processo: 05/52361-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Luzia Margareth Rago
Beneficiário:Maria Clara Pivato Biajoli
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Anarquismo   Feminismo   Guerra Civil Espanhola   Memória coletiva

Resumo

Este projeto propõe trabalhar com os usos do passado pelas mulheres que militaram no movimento anarquista feminino do grupo "Mujeres Libres", ativo durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939). Pretendo focalizar o trabalho de memória que aquelas mulheres desenvolveram ao escreverem livros, documentários e entrevistas sobre aqueles acontecimentos na Espanha e suas experiências. Pergunto de que forma se dá essa rememoração, que guarda fortemente as marcas do tempo presente, e ainda de que forma esses acontecimentos e essas memórias contribuíram na construção de suas subjetividades como mulheres anarquistas, após cinqüenta anos ou mais da derrota para os franquistas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BIAJOLI, Maria Clara Pivato. Narrar utopias vividas : memoria e construção de si nas Mujeres Libres da Espanha. 2007. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.