Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa da ocorrencia de leishmaniose visceral em gatos encaminhados ao ccz de aracatuba - sao paulo.

Processo: 05/52357-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Mary Marcondes
Beneficiário:Claudio Nazaretian Rossi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Zoonoses   Gatos   Leishmania infantum   Leishmaniose visceral

Resumo

O projeto tem como objetivo avaliar a ocorrência da leishmaniose visceral em gatos bem como sua prevalência associada ao Vírus da Imunodeficiência Felina (FIV) e o Vírus da Leucemia Felina (FeIV), doenças infecciosas que normalmente acometem animais imunossuprimidos da espécie em questão. Para tanto, todos os animais serão testados através da técnica de ELISA para o Vírus da Leucemia Felina e Vírus da Imunodeficiência Felina; e serão utilizadas as técnicas de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e ELISA para testá-los sorologicamente para Leishmaniose Visceral. Também serão imprints de fragmentos de fígado, baço e linfonodo para pesquisa de formas amastigotas de Leishmania spp, coradas com o método panótipo rápido. Serão utilizados cerca de 200 gatos, adultos, independente do sexo, sintomáticos ou não, encaminhados para eutanásia ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da cidade de Araçatuba, estado de São Paulo. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROSSI, Claudio Nazaretian. Ocorrência de Leishmania sp. em gatos do município de Araçatuba - São Paulo - Brasil. 2007. 69 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.