Busca avançada
Ano de início
Entree

Os operadores logísticos e a reorganização do território brasileiro: racionalidade e fluidez aos circuitos espaciais de produção

Processo: 05/53475-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Adriana Maria Bernardes da Silva
Beneficiário:Leandro Trevisan
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Racionalidade   Informação   Logística

Resumo

O final da década de 1980 e toda a década de 1990 marcam uma forte abertura da economia brasileira frente ao mercado internacional, junto a uma redefinição do papel do Estado. Seguindo a mesma lógica que rege grande parte das economias capitalistas do globo, buscou-se imbuir muitos setores produtivos e lugares, de elementos capazes de auferir maiores níveis de competitividade. A moderna logística, elemento hoje constitutivo do setor quaternário informacional, insere-se nesta lógica de maneira bastante agressiva, proporcionando cada vez mais racionalidade e fluidez aos circuitos espaciais da produção das grandes empresas. A tarefa de imbuir competitividade a estes circuitos espaciais produtivos cabe, entre outros agentes, aos denominados "Operadores Logísticos", pois estes atuam em todas as etapas da cadeia produtiva, auferindo a racionalidade, fluidez e cronometrização almejadas no atual contexto da globalização. Assim posto, consideramos que a moderna logística empresarial veio justamente fornecer os insumos de inteligência para racionalizar os "circuitos espaciais de produção e os círculos de cooperação" no território. Mais do que isto, a logística ganha, na década de 1990, estatuto de planejamento territorial. Contudo, ao nosso entender a logística se insere num processo conflituoso, uma vez que, ao mesmo tempo em que há integração, há também desintegração do território brasileiro. Pretendemos então, analisar os Operadores Logísticos e saber como contribuem para a redefinição do uso do território brasileiro. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TREVISAN, Leandro. Os operadores logisticos e o uso do territorio brasileiro : racionalidade e fluidez aos circuitos espaciais de produção. 2007. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Geociências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.