Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecologia molecular de fungos patogenicos onygenales em animais silvestres do interior do estado de sao paulo.

Processo: 05/56771-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Eduardo Bagagli
Beneficiário:Virgínia Bodelão Richini Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Fungos patogênicos   Paracoccidioides brasiliensis   Biologia molecular

Resumo

Tem sido observado que a espécie de tatu Dasypus novemcinctus desempenha um papel importante na presença do fungo Paracoccidioides brasiliensis em algumas áreas endêmicas, inclusive trabalhos do nosso grupo já evidenciaram a freqüente infecção desta espécie na região de Botucatu. Assim, o isolamento sistemático deste patógeno nesta espécie animal tem despertado o interesse em avaliar outras espécies animais cuja distribuição geográfica seja coincidente com a da Paracoccidioidomicose (PCM). Este projeto tem como objetivo investigar a ocorrência do fungo P. brasiliensis, bem como outros fungos patogênicos relacionados em animais silvestres incluindo amostragens dos atropelados em rodovias de diferentes regiões do Estado de São Paulo. Os dados de animais positivos, em particular na exata localização geográfica, serão integrados a uma base de dados digital já existente, baseada no Sistema de Informação Geográfica (SIG). Resultados preliminares obtidos em nosso laboratório, utilizando-se técnicas de biologia molecular em amostras de tecido de animais silvestres atropelados em rodovias da região indicam que, além do tatu, outras espécies podem estar infectadas pelo P. brasiliensis. Os dados obtidos possibilitarão o mapeamento de locais de ocorrência de fungos patogênicos, bem como a determinação de outros reservatórios naturais deste grupo de fungos em animais silvestres. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RICHINI-PEREIRA, V. B.; BOSCO, S. M. G.; THEODORO, R. C.; BARROZO, L.; BAGAGLI, E. Road-killed wild animals: a preservation problem useful for eco-epidemiological studies of pathogens. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 16, n. 4, p. 607-613, 2010. Citações Web of Science: 3.
RICHINI-PEREIRA, VIRGINIA BODELAO; GIMENES BOSCO, SANDRA DE MORAES; THEODORO, RAQUEL CORDEIRO; DA GRACA MACORIS, SEVERINO ASSIS; BAGAGLI, EDUARDO. Molecular approaches for eco-epidemiological studies of Paracoccidioides brasiliensis. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 104, n. 4, p. 636-643, JUL 2009. Citações Web of Science: 9.
RICHINI-PEREIRA‚ V.B.; DE MORAES GIMENES BOSCO‚ S.; GRIESE‚ J.; CORDEIRO THEODORO‚ R.; ASSIS DA GRAÇA MACORIS‚ S.; JOSÉ DA SILVA‚ R.; BARROZO‚ L.; MORAIS E SILVA TAVARES‚ P.; MARIA ZANCOPÉ-OLIVEIRA‚ R.; BAGAGLI‚ E. Molecular detection of Paracoccidioides brasiliensis in road-killed wild animals. Medical Mycology, v. 46, n. 1, p. 35-40, 2008.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Virgínia Bodelão Richini. Ecologia molecular de fungos patogênicos onygenales em animais silvestres do interior do estado de São Paulo. 2009. 110 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.