Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção recombinante e caracterização bioquímica de uma provável cisteíno-protease presente em diferentes cepas da bactéria fitopatogênica Xylella fastidiosa

Processo: 05/56632-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Flavio Henrique da Silva
Beneficiário:Viviane Nogaroto Vicari
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

A Xylella fastidiosa é uma bactéria gram-negativa responsável por doenças economicamente importantes, entre elas a Clorose Variegada dos Citros (CVC). Em 2000 foi publicado o sequenciamento completo do genoma deste fitopatógeno, o que possibilitou estudos moleculares de patogenicidade, contudo muito pouco ainda se sabe sobre as estratégias utilizadas por esta bactéria para a infecção dos hospedeiros. Visto que há diversos trabalhos que relatam a importância das proteases em várias funções e disfunções biológicas, resolvemos fazer uma caracterização de uma provável cisteíno-protease presente neste fitopatógeno. Para isso, serão realizadas a identificação e amplificação deste gene da cepa 9a5c e subseqüente expressão recombinante da proteína, denominada "xylellaina", e purificação da mesma. Além disso, será feita uma análise comparativa de atividade enzimática de cisteíno-proteases recombinantes provenientes de diferentes isolados de X. fastidiosa, além de uma cepa não-patogênica. Peptídeos sintéticos serão utilizados para estudar a especificidade do sítio catalítico. Por outro lado, anticorpos policionais serão desenvolvidos contra esta enzima e utilizado para analisar a expressão em diferentes cepas de X. fastidiosa. Finalmente, serão realizadas mutações sitio-dirigidas em aminoácidos possivelmente relacionados com o sítio catalítico da enzima. Esperamos com este trabalho, além de caracterizar a enzima, fornecer subsídios que possam contribuir no desenvolvimento de estratégias para combater este patógeno. (AU)