Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologias alternativas no controle de mosquitos (Diptera: Culicidae) de importância epidemiológica: uso do método RIDL (liberação de insetos carregando um gene letal dominante) no controle de mosquitos Culex quinquefasciatus

Processo: 05/55196-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Mauro Toledo Marrelli
Beneficiário:Mauro Toledo Marrelli
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/50225-2 - Desenvolvimento de metodologias alternativas no controle de mosquitos (Diptera: Culicidae) de importância epidemiológica: uso do método ridl (liberação de insetos carregando um gene letal dominante) [... ], AP.JP
Assunto(s):Epidemiologia   Mosquitos geneticamente modificados   Marcador molecular   Genes letais   Culex quinquefasciatus

Resumo

Esse projeto tem como objetivo obter linhagens de mosquitos transgênicos Cx. quinquefasciatus carregando um gene letal dominante (RIDL), que poderão ser utilizadas no controle desses mosquitos no lugar dos métodos convencionais de esterilização (SIT), como estratégia de eliminar ou reduzir a população vetora local. A integração de um gene letal dominante associado a um promotor específico de fêmea dispensa esterilização por radiação. Nesse processo os insetos recebem dieta suplementada com um repressor químico. A expressão do gene letal dominante é mantida desligada enquanto o repressor é adicionado ao meio das larvas. Para as amostras preparadas para liberação o repressor é retirado, e o gene letal dominante é ativado, causando a morte de todas as fêmeas, e consequentemente deixando somente machos para liberação. Os machos homozigotos para o gene letal seriam liberados para copular com as fêmeas selvagens. As progênies dessas fêmeas selvagens seriam heterozigotas para o gene letal e morreriam. Desde que a capacidade de acasalamento dos machos transgênicos produzidos pelo método RDIL é pré-requisito importante para o sucesso do programa, será também necessários estudos de fitness relacionados aos parâmetros de competitividades comparados aos machos selvagens dessa espécie. Análise da diversidade populacional de Cx. Quinquefasciatus utilizando DNA mitocondrial e ribossômico como marcadores moleculares também será realizada. (AU)