Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da participação da molécula CD1d na ativação policlonal dos linfócitos esplênicos e na geração de imunidade

Processo: 05/54889-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 29 de janeiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Maria Regina D'Império Lima
Beneficiário:Sandra Marcia Muxel
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linfócitos T   Plasmodium chabaudi

Resumo

Estima-se que a malária seja responsável por 1 milhão de mortes anuais. A complexidade do ciclo de vida do plasmódio, o agente causador da malária, vem criando inúmeros desafios aos pesquisadores que estudam os aspectos imunológicos associados, tanto ao desenvolvimento da doença, como à geração de imunidade. Sabe-se que a molécula CD1d está envolvida na apresentação de lipídeos para um grupo particular de linfócitos T que, em parte, expressam marcadores de células NK e, por isso, foram denominados linfócitos NKT. Estudos mostram que os linfócitos T restritos por CD1d são capazes de desempenhar atividades efetoras, auxiliares e adjuvantes, podendo interagir com outros tipos celulares, tais como, células dendríticas, células NK, linfócitos T e B, contribuindo tanto para a resposta inata como para a adquirida. No entanto, a relevância dos linfócitos T restritos por CD1d no reconhecimento do próprio e do não-própio ainda é foco de discussões. Tendo em vista estas considerações, este projeto tem como objetivo avaliar os efeitos da molécula CD1d na geração da resposta imune esplênica aguda (ativação policlonal dos linfócitos T e B) e tardia (resposta imune específica), durante a infecção pelo Plasmodium chabaudi. A escolha desse modelo murino de malária justifica-se face à sua semelhança com a doença humana causada pelo P. falciparum. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MUXEL, Sandra Marcia. Papel das células T convencionais e não-convencionais do baço durante a infecção pelo Plasmodium chabaudi AS.. 2011. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.