Busca avançada
Ano de início
Entree

Fenologia de espécies de Floresta Atlântica, Núcleo Picinguaba, Parque Estadual da Serra do Mar, Estado de São Paulo: comparação entre estratos e influência de borda natural

Processo: 05/54267-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Beneficiário:Eliana Gressler
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Assunto(s):Polinização   Mata Atlântica   Fenologia   Frutificação   Floração

Resumo

O objetivo geral deste estudo será avaliar a fenologia reprodutiva de espécies lenhosas em uma área de floresta atlântica no Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Santa Virgínia, São Paulo, Brasil, buscando responder as seguintes questões: 1) O padrão fenológico difere entre espécies do sub-bosque e dossel? 2) A fenologia nos estratos está relacionada aos fatores climáticos? 3) O padrão fenológico das espécies difere entre borda e interior da floresta? e 4) Para avaliar o efeito de borda, não só na perspectiva da comunidade, serão desenvolvidos estudos de caso com espécies pré-selecionadas respondendo se: a produção de flores e frutos, a freqüência de polinização e o sucesso reprodutivo difere entre a borda e o interior da floresta? As fenofases botão, antese, fruto imaturo e maduro serão acompanhadas mensalmente durante dois anos de observações (jan/2006 a dez/2007). Em uma área de floresta contígua a uma área aberta serão demarcados entre 10 e 20 transectos tanto na borda como no interior da floresta, sendo amostrados todos os indivíduos adultos lenhosos. Em cada indivíduo será feita a contagem total de flores e frutos. A correlação de Spearman será aplicada para testar a relação da fenologia com os fatores climáticos. A sazonalidade das fenofases será testada por meio da análise estatística circular, comparando os padrões sazonais entre borda e interior da floresta e entre estratos. O teste de Mann-Whitney verificará se há diferença na produção de flores e frutos na comunidade entre os estratos e borda e interior da floresta. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.