Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da utilização de antioxidante no diluidor para a criopreservação do sêmen bovino avaliado através de testes e testes complementares, inseminação artifical e fecundação

Processo: 05/54801-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Cesar Roberto Esper
Beneficiário:Juliana Corrêa Borges
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Inseminação artificial   Fertilização in vitro   Antioxidantes   Criopreservação

Resumo

O processo de criopreservação promove diversas alterações estruturais e funcionais no sêmen, podendo comprometer a viabilidade das células pós-descongelação. Uma das alterações é a produção de espécies reativas de oxigênio. Com a utilização de diluidores contendo antioxidantes para minimizar a produção de radicais livres, espera-se que ocorra uma melhoria na qualidade do sêmen criopreservado. Nesta pesquisa serão utilizados 5 touros Nelore, doadores de sêmen, mantidos sob as mesmas condições na Central de Inseminação Artificial. Serão utilizados 12 ejaculados de cada touro, sendo que cada ejaculado será criopreservado com diluidor controle (Tris - ácido cítrico) e com diluidor com antioxidante (Tris - ácido citrico + antioxidante). Após a colheita com vagina artificial, parâmetros como turbilhonamento e exame de morfologia espermática serão realizados. Parâmetros como motilidade/vigor, teste hipo-osmótico, teste de fluorescência e mensuração dos radicais livres e sistema gerador serão realizados no sêmen fresco, após a diluição e pós-descongelação. Após três horas de incubação (pós-descongelação) à temperatura de 37 oC, será avaliada novamente a motilidade/vigor das células espermáticas. Os radicais livres específicos a serem mensurados serão os radicais hidroxilas, ânion superoxido e peróxido de hidrogênio. Além de serem avaliados pelos testes citados, os ejaculados serão submetidos à fecundação in vitro (6 repetições por touro por tratamento) e in vivo (utilizando 2 dos 5 touros, em um programa de IA, com 50 vacas/touro/tratamento). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BORGES, Juliana Corrêa. Efeito da utilização de antioxidante no diluidor para a criopreservação de sêmen bovino avaliado através de testes complementares, inseminação artificial e fecundação in vitro. 2008. 70 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.