Busca avançada
Ano de início
Entree

Reabilitação profissional de dependentes químicos em tratamento ambulatorial: desenvolvimento de um modelo de intervenção

Processo: 05/53982-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2006
Vigência (Término): 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Ronaldo Laranjeira
Beneficiário:Alessandra Nagamine Bonadio Matta
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Orientação vocacional   Tratamento   Reabilitação psicossocial

Resumo

O tema central do estudo é a reabilitação profissional de dependentes químicos em tratamento ambulatorial. Trata-se de uma continuação da pesquisa de mestrado financiada pela FAPESP, que resultou na elaboração de um protocolo de avaliação da situação ocupacional dos pacientes. Objetivo: elaboração de um modelo de intervenção em reabilitação profissional para pessoas em tratamento para o abuso de substâncias. Justificativa: Inexistência de estudos brasileiros sobre Orientação Profissional e Dependência Química. Tipo de estudo: Estudo clínico descritivo, com intervenção terapêutica e seguimento de um ano. Setting: Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas (UNIAD - UNIFESP/EPM). Amostra: 120 pacientes em atendimento ambulatorial na UNIAD. Instrumentos: Avaliação do Status Ocupacional, índice de Gravidade da Adição (ASI), Short Form Health Survey (SF-36). Procedimento: Pesquisa realizada em duas etapas: 1ª etapa: coleta de informações sobre intervenções em reabilitação profissional realizadas no Brasil e em outros países; 2ª etapa: realização experimental do modelo de intervenção sugerido, acompanhada de follow up após 6 e 12 meses. Análise dos resultados: Análise estatística descritiva, comparando-se os dados encontrados anteriormente à intervenção e os dados provenientes dos seguimentos. Análise qualitativa das entrevistas feitas no último follow up, a partir da metodologia da pesquisa clínico-qualitativa. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.