Busca avançada
Ano de início
Entree

Saude socio-ambietnal e bem estar em assentamentos rurais paulistas: uma analise da situacao de vulnerabilidade de familias assentadas.

Processo: 05/55933-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de setembro de 2005
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Pesquisador responsável:Janice Rodrigues Placeres Borges
Beneficiário:Janice Rodrigues Placeres Borges
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/54367-6 - Saúde sócio-ambiental e bem estar em assentamentos rurais paulistas: uma análise da situação de vulnerabilidade de famílias assentadas, AP.JP
Assunto(s):Assentamento rural

Resumo

Este projeto tem por objetivo compor um quadro profundo e abrangente da situação de vulnerabilidade das famílias dos Assentamentos Monte Alegre e Guarany, na Região de Ribeirão Preto, SP, dando continuidade ao projeto "Condições de Vida e Qualidade do Saneamento Ambiental em Assentamentos da Reforma Agrária Paulista" (Processo Fapesp 01/12451-0), iniciado em 2002 e desenvolvido como projeto de pós-doutorado, junto ao Departamento de Medicina Social, da FMRP/USP, aprofundando o estudo da situação de vulnerabilidade de famílias assentadas, por meio do estudo de novas variáveis, que surgiram ao longo da pesquisa anterior e que se apresentam como temas da maior relevância para a compreensão e promoção da saúde e sustentabilidade dos assentamentos. São elas: 1) percepção e representação social dos impactos sócio-ambientais da cultura da cana-de-açúcar; 2) análise situacional da saúde e bem estar das famílias nos lotes em transição para a agricultura orgânica; 3) apresentação de um diagnóstico da infra-estrutura de serviços de saúde à disposição das famílias e de um indicador epidemiológico, para os assentamentos, 4) estudo do envelhecimento e do idoso nos assentamentos e 5) saúde e usos domésticos da água e fatores de interferência. Os resultados, analisados em sua complexidade, são um instrumento da maior valia para a construção da cidadania e promoção da saúde desse grupo social. (AU)