Busca avançada
Ano de início
Entree

Integracao de dados de satelites, radares e pluviometros para a elaboracao de mapas de estimativas de precipitacao sobre o brasil.

Processo: 05/58616-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 06 de janeiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Carlos Frederico de Angelis
Beneficiário:Raquel Aparecida Abrahão e Costa
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/10508-0 - Desenvolvimento de um integrador de informações adquiridas por pluviômetros, satélites, rede de relâmpagos e radares meteorológicos e análise dos sistemas precipitantes no Brasil - Precibra, AP.JP
Assunto(s):Precipitação   Satélites

Resumo

Propõem-se a realização de estudos visando à integração de dados de satélites, pluviômetros, sondadores atmosféricos, descargas elétricas e de uma rede de seis radares meteorológicos para a elaboração de mapas de estimativa de precipitação sobre o Brasil. O estudo das estimativas de precipitação obtidas por diversos tipos de dados em conjunto, com informações sobre a localização e ocorrência de descargas elétricas, topografia e variáveis climáticas e atmosféricas locais e regionais reunidas em um mesmo ambiente e num mesmo formato, facilitará a investigação e a elaboração de um método automático para aumentar a eficiência da estimativa da precipitação. A integração de dados de várias naturezas suprirá a carência de informações de precipitação em escala local e regional e também permitirá a criação de um método operacional para monitorar e mapear a precipitação sobre o Brasil em diversas escalas temporais e espaciais. Os avanços científicos que o projeto proporcionará serão inúmeros e durante a execução dos trabalhos pretende-se desenvolver algoritmos estimadores da precipitação usando dados de pluviômetro, satélites, radares e ocorrência de relâmpagos que consideram características regionais das chuvas que ocorrem sobre o território brasileiro. Uma vez que a precipitação é a principal fonte de água doce para a América do Sul, a execução do projeto proposto se torna de extrema relevância para o país. (AU)