Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de mutantes de Arabidopsis thaliana deficientes em óxido nítrico sintase (nos1) ou nitrato redutase (nia1 nia2) para estudar a importância do radical óxido nítrico no processo de floração

Processo: 05/58014-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Ione Salgado
Beneficiário:Kelly Seligman
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Nitrato redutase   Óxido nítrico sintase   Óxido nítrico   Arabidopsis thaliana

Resumo

O radical óxido nítrico (NO) é atualmente considerado um importante sinalizador de diversos processos de crescimento e desenvolvimento vegetal. Também participa dos mecanismos de defesa das plantas ao ataque de patógenos e a condições adversas. Embora a produção de NO tenha sido detectada em várias espécies, o mecanismo molecular responsável por sua síntese permanece controverso. Enzimas com atividade óxido nítrico sintase (NOS) e a nitrato redutase (NR) têm sido apontadas como principais responsáveis peta origem deste radical nos vegetais. Ainda, uma atividade mitocondrial redutora de nitrito tem sido inferida como importante via para a produção de NO nas plantas. Recentemente foi demonstrado o envolvimento do NO na floração, por sua ação de prevenir a transição do estado vegetativa para o floral. Neste contexto, o presente projeto de pesquisa pretende identificar e localizar a produção de NO durante o desenvolvimento floral. Para tanto, utilizaremos a planta modelo Arabidopsis thaliana, e a produção de NO nas estruturas florais será comparada com aquela de mutantes deficientes nas enzimas NR e NOS. A produção de NO será determinada in situ, utilizando-se o indicador fluorescente DAF-2DA. A marcação concomitante das mitocôndrias por fluorescência permitirá analisar a importância desta organela na produção de NO durante a floração. Ainda, a indução de floração será quantificada e comparada nos três genótipos. Os resultados deste estudo poderão contribuir para o entendimento do papel do NO na floração. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SELIGMAN, Kelly. Importancia do radical oxido nitrico no processo de floração utilizando-se Arabidopsis thaliana L. como modelo. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.