Busca avançada
Ano de início
Entree

Filogeografia e biogeografia da Floresta Atlântica: um estudo de caso com Didelphis aurita

Processo: 05/57798-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Gabriel Henrique Marroig Zambonato
Beneficiário:Leila Teruko Shirai
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Filogeografia   Mata Atlântica   Biogeografia   Crânio

Resumo

Biodiversidade é um tema que permeia a biologia, tendo grande importância no conhecimento humano de forma geral. A origem dessa diversidade é, apesar de crucial, pouco compreendida, principalmente nas florestas tropicais onde há uma enorme riqueza de espécies. A teoria dos refúgios é uma proposta para explicar esta origem, e propomos neste trabalho testar a teoria na Floresta Atlântica, através de um animal modelo. Serão estudados os padrões de distribuição genética e morfológica no marsupial Didelphis aurita Wied, 1826. Através de análises de coalescência e de dados agrupados, marcadores mitocondriais e nucleares serão utilizados para revelar principalmente tempo de divergência entre haplotipos, interrupção de fluxo gênico e assinatura de expansão demográfica. A associação dos padrões de distribuição genética com a distribuição morfológica será feita com o intuito de comparar a história das populações de D. aurita em dois níveis de organização. Dessa forma, a origem da biodiversidade da Floresta Atlântica será estudada em uma espécie de ampla distribuição utilizada aqui como "organismo modelo" através de uma abordagem que combina filogeografia, biogeografia e genética quantitativa evolutiva. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SHIRAI, Leila Teruko. Filogeografia e biogeografia da Floresta Atlântica: um estudo de caso com Didelphis aurita. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.