Busca avançada
Ano de início
Entree

Migração, memória e territorialidade. o trabalhador rural nordestino na Ibaté paulista

Processo: 05/58794-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2006
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Maria Aparecida de Moraes Silva
Beneficiário:Beatriz Medeiros de Melo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Migração humana   Memória coletiva   Trabalhador rural   Territorialidade

Resumo

Com o desenrolar dos acontecimentos político-econômicos das décadas de 1950 e 1960, caracterizados fundamentalmente pelo acirramento da concentração da terra, constituição do capital monopolista e aplicação do projeto de modernização da agricultura, seguem-se processos decisivos na transformação dos territórios de diversas regiões do país. Na região de Ribeirão Preto, assistimos a substituição dos cafezais e das colônias de fazendas por um extenso "tapete verde" de cana-de-açúcar e a re-significação do uso das cidades surgidas sobre a hegemonia da cultura do café, agora fundamentalmente utilizadas como "cidades dormitórios" para os trabalhadores das agroindústrias da região: ex-colonos das fazendas em destruição e migrantes atraídos de diversas regiões do país. A tarefa que este projeto de pesquisa se impõe é o de refletir sobre o processo de apropriação do espaço de uma das pequenas cidades-dormitórios da região citada, a cidade de Ibaté, enquanto território, pelos diversos agentes contidos nele, portanto, sobre o processo de construção da territorialidade local, 'e o papel da memória neste processo. Para tal investigação partiremos de uma experiência (no sentido thompsiniano) específica, a experiência dos migrantes nordestinos. Para o reconhecimento da questão proposta os seguintes instrumentos metodológicos aparecem como fundamentais: aplicação de questionários e observação empírica, que virão no sentido de reconhecer a (re)produção da dinâmica e estrutura dos bairros e moradias. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MELO, Beatriz Medeiros de. Migração, memória e território : o trabalhador rural nordestino na Ibaté paulista. 2008. 221 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.