Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo funcional das mutações r947x e l848p e estudo de efeito fundador da mutação r947x no gene do receptor do mineralocorticóide em famílias com a forma renal do pseudohipoaldosteronismo tipo 1

Processo: 05/59495-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Sonir Roberto Rauber Antonini
Beneficiário:Fabio Luiz Fernandes Rosa
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Mutação   Receptores de mineralocorticoides   Polimorfismo genético

Resumo

O pseudohipoaldosteronismo tipo 1 (PHA1) caracteriza-se por perda de sal no período neonatal, desidratação e hipercalemia secundários a uma resistência de órgãos-alvo à ação dos mineralocorticóides. A forma renal do PHA1 ocorre, na maioria dos casos, por mutações inativadoras no gene do receptor do mineralocorticóide (MR). Em 2 famílias brasileiras com a forma renal do PHA1 encontramos 2 mutações no gene do MR: a mutação R947X e a nova mutação L848P no éxon 7 do MR. Encontramos, ainda, os polimorfismos I180V e A241V no éxon 2 do gene do MR. A mutação R947X foi descrita inicialmente em uma família turca com PHA1 e mais recentemente em uma segunda família turca. Realizaremos o estudo de microssatélites flanqueando o gene do MR para testar a hipótese de efeito fundador desta mutação entre as 3 famílias. O estudo funcional (metagênese sítio-dirigido, transfecção, transcrição/tradução in vitro e ensaio de ligação à aldosterona e à dexametasona) da nova mutação L848P, a primeira descrita no éxon 7 do MR e da mutação R947X caracterizará o impacto funcional sobre a função do MR, bem como poderá contribuir para o melhor entendimento da função das -hélices 6 e 7, codificadas pelo éxon 7 deste gene. Verificaremos a freqüência dos polimorfismos I180V e A241V em indivíduos normais. Adicionalmente, nos indivíduos assintomáticos carreadores das mutações, avaliaremos o sistema renina-angiotensina-aldosterona sob dieta com diferentes concentrações de sódio. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDES-ROSA, FABIO L.; HUBERT, EDWIGE-LUDIWYNE; FAGART, JEROME; TCHITCHEK, NICOLAS; GOMES, DEBORA; JOUANNO, ELODIE; BENECKE, ARNDT; RAFESTIN-OBLIN, MARIE-EDITH; JEUNEMAITRE, XAVIER; ANTONINI, SONIR R.; ZENNARO, MARIA-CHRISTINA. Mineralocorticoid Receptor Mutations Differentially Affect Individual Gene Expression Profiles in Pseudohypoaldosteronism Type 1. JOURNAL OF CLINICAL ENDOCRINOLOGY & METABOLISM, v. 96, n. 3, p. E519-E527, MAR 2011. Citações Web of Science: 15.
FERNANDES-ROSA, F. L.; BUENO, A. C.; DE SOUZA, R. MOLINA; DE CASTRO, M.; DOS SANTOS, J. ERNESTO; FOSS, M. C.; ZENNARO, M-C.; BETTIOL, H.; BARBIERI, M. A.; ANTONINI, S. R. Mineralocorticoid receptor p.l180V polymorphism: Association with body mass index and LDL-cholesterol levels. Journal of Endocrinological Investigation, v. 33, n. 7, p. 472-477, JUL-AUG 2010. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.