Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do polimorfismo do gene do IFG-I sobre variáveis antropométricas e metabólicas ao nascer e na vida adulta

Processo: 06/50570-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Sonir Roberto Rauber Antonini
Beneficiário:Aniette Renom Espineira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/09508-7 - Da saúde perinatal à saúde do adulto jovem: estudo da coorte nascida em 1978/79 nos hospitais de Ribeirão Preto, SP, AP.TEM
Assunto(s):Polimorfismo genético   Recém-nascido de baixo peso   Fator de crescimento insulin-like I   Síndrome metabólica

Resumo

Existem evidências de que o IGF-I desempenha um importante papel no crescimento fetal e pós-natal e que indivíduos pequenos para a idade gestacional (PIG) apresentam concentrações plasmáticas de IGF-I significativamente baixas quando comparados com indivíduos com peso adequado para idade gestacional (AIG), assim como um risco aumentado de Diabetes Mellitus tipo 2 e Doença Cardiovascular na vida adulta. Realizar-se-á um estudo analítico prospectivo, de caso-controle numa amostra de 201 indivíduos PIGs, pareados por idade e sexo com 210 indivíduos controles AIGs, pertencentes ao Projeto temático "Da saúde perinatal à saúde do adulto jovem", seguidos desde o nascimento (1978/1979) até a atualidade, na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), com o objetivo de estudar a possível relação entre a variabilidade genética do IGF-I, o crescimento pré-natal, pós-natal e Síndrome metabólica na vida adulta. Serão estudados três marcadores no gene do IGF-I (microssátelites: 737/738, IGF1/PCR1 e D12S318) usando os programas Genescan e Genotyper; os indivíduos serão classificados em homozigotos para forma comum, heterozigotos e homozigotos para formas variantes de cada um dos respectivos marcadores. Será analisada a possível correlação entre os genótipos encontrados e o peso e comprimento ao nascimento, aos 10 anos e aos 25 anos, assim como em relação às concentrações plasmáticas de IGF-I e variáveis metabólicas como insulinemia e glicemias basais, Índices HOMA IR, HOMA beta cell, concentrações plasmáticas de lipídeos e fibrinogênio. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ESPINEIRA, ANIETTE RENOM; FERNANDES-ROSA, FABIO LUIZ; BUENO, ANA CAROLINA; DE SOUZA, ROBERTO MOLINA; MOREIRA, AYRTON CUSTODIO; DE CASTRO, MARGARET; BARBIERI, MARCO ANTONIO; BETTIOL, HELOISA; ANTONINI, SONIR RAUBER. Postnatal growth and cardiometabolic profile in young adults born large for gestational age. CLINICAL ENDOCRINOLOGY, v. 75, n. 3, p. 335-341, SEP 2011. Citações Web of Science: 25.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.