Busca avançada
Ano de início
Entree

O modernista no antiquario: pedro nava, as memorias e o modernismo.

Processo: 05/59257-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Antonio Arnoni Prado
Beneficiário:Júlio de Souza Valle Neto
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria literária   História da literatura   Pós-modernismo   Modernismo

Resumo

Este projeto pretende embasar uma pesquisa sobre a situação histórico-literária das "Memórias" de Pedro Nava. Para isso, fundamenta-se na oscilação verificada na Fortuna Crítica da obra, ora tida como exemplar de um "modernismo tardio", ora considerada, sob outro ângulo, "pós-modernista". Além disso, a própria discussão teórica acerca dos movimentos citados também parece controversa, o que se comunica, naturalmente, aos juízos emitidos pela Fortuna Critica das "Memórias". Assim, o propósito de precisar melhor a natureza histórico-literária do texto de Nava demanda um exame atento para a amplitude ao mesmo tempo restrita (vinculada à obra em particular) e geral (relativa aos problemas teóricos) inerente ao objeto desse trabalho. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)