Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluidos supercríticos e suas aplicações ambientais: um projeto multidisciplinar em química e engenharia verdes

Processo: 06/52339-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de junho de 2006
Vigência (Término): 28 de setembro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Jose Ermirio Ferreira de Moraes
Beneficiário:Jose Ermirio Ferreira de Moraes
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/59396-4 - Fluídos supercríticos e suas aplicações ambientais: um projeto multidisciplinar em química e engenharia verdes, AP.JP
Assunto(s):Fluidos supercríticos   Tensoativos   Remediação   Química verde   Bifenilos policlorados

Resumo

Pretende-se implantar e consolidar um grupo de pesquisa multidisciplinar em Química e Engenharia Verdes, que irá abordar aspectos de pesquisa básica e aplicada relacionados a solventes alternativos (os fluidos supercríticos) e suas aplicações ambientais, em especial na remediação e destruição de material contaminado (solos, efluentes, equipamentos, etc), isoladamente ou de modo integrado a outras tecnologias. Do ponto de vista de pesquisa básica, deseja-se desenvolver novos tensoativos para fluidos supercríticos e estudar suas propriedades nesses sistemas, em especial a formação de agregados, sua estrutura e dinâmica, e a reatividade de substâncias-modelo (ésteres do tipo benzoatos de fenila ou similares, contaminantes orgânicos do tipo bifenilas policloradas, etc). A agregação de tensoativos em fluidos supercríticos é uma área de pesquisa recente no mundo e inédita no Brasil. No aspecto de pesquisa aplicada, pretende-se estudar o uso da tecnologia de extração supercrítica e dos tensoativos desenvolvidos para esses sistemas na possível solução de problemas ambientais, em especial a descontaminação de solos e materiais contaminados. Objetiva-se estudar, em particular, a descontaminação de equipamentos elétricos, fluidos dielétricos ou solos contaminados por bifenilas policloradas (PCBs), que são poluentes orgânicos persistentes e de alta toxicidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)