Busca avançada
Ano de início
Entree

Reatividade vascular de artérias mesentérica e pulmonar de ratos após isquemia/reperfusão pulmonar: efeito do treinamento físico

Processo: 05/03053-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Angelina Zanesco
Beneficiário:Maria Andréia Delbin
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil

Resumo

Os sistemas cardiovascular e respiratório desempenham papel fundamental na homeostasia do organismo, tanto em repouso, quanto em condições de exercício. O sistema respiratório é o grande responsável pelas trocas gasosas, fornecendo assim oxigênio aos tecidos e removendo o dióxido de carbono. Além disso, as células endoteliais presentes nos vasos dos pulmões têm importante papel na síntese e degradação de diversas substâncias presentes no sangue. Embora os casos de doenças relacionadas ao sistema pulmonar não recebam a mesma divulgação que o câncer e as doenças relacionadas ao sistema cardiovascular, a doença pulmonar obstrutiva crônica, influenza e pneumonia estão entre as principais causas de morte nos Estados Unidos. Outro fator de considerável importância é que a lesão pulmonar pós-operatória representa uma das mais frequentes complicações para as cirurgias cardíacas com impactos significativos nas despesas e nos cuidados pós-operatórios. Numerosos experimentos e dados clínicos observados após processo de isquemia do miocárdio e reperfusão aguda crônica sugerem que a função fisiológica essencial do endotélio no controle do tônus vascular está alterada em várias situações fisiopatológicas e esta deterioração pode ser detectada ao nível da circulação coronária. Recentemente, o treinamento físico tem sido empregado como importante ferramenta não farmacológica para reduzir muitos fatores de risco relacionados a doenças cardiovasculares. No entanto, ainda não está claro, se os efeitos crônicos do treinamento físico realizados previamente podem atenuar as complicações pós-operatórias relacionadas ao processo de isquemia/reperfusão pulmonar. Além disso, não existem estudos que esclareçam se o treinamento pode reduzir a quantidade de lesões causadas após um processo de isquemia/reperfusão pulmonar. Portanto, estudos são necessários para esclarecer quais são os fatores que estariam envolvidos na gênese da lesão pulmonar, e os mecanismos responsáveis pelas lesões vasculares durante o processo de isquemia/reperfusão pulmonar. Assim, o objetivo deste trabalho será o de avaliar a reatividade vascular da artéria mesentérica e da artéria pulmonar após processo de isquemia/reperfusão pulmonar e o efeito do treinamento físico sobre esta resposta. Além disso, fatores circulantes como IL-6 e a expressão e atividade da sintase do NOS e da superóxido dismutase (SOD) serão investigadas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DELBIN, Maria Andréia. Reatividade vascular de artérias mesentérica e e pulmonar de ratos após isquemia/reperfusão pulmonar : efeito do treinamento físico. 2009. 85 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.