Busca avançada
Ano de início
Entree

Transmissao galactogenica do toxoplasma gondii na infeccao experimental em ratas fisher.

Processo: 05/03017-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Helio Langoni
Beneficiário:Veruska Maia da Costa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Toxoplasmose   Infecção experimental   Leite   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

A toxoplasmose é uma infecção causada pelo Toxoplasma gondii, protozoário intracelular obrigatório, de distribuição cosmopolita, constituindo-se uma importante zoonose. O gato é o hospedeiro definitivo, enquanto que o homem, outros mamíferos e as aves são os hospedeiros intermediários. As formas de transmissão estão relacionadas a hábitos de higiene, educação, presença de felinos e também a questões culturais, sendo difícil a sua prevenção. Estima-se que 500 milhões de pessoas estão infectadas pelo T. gondii. Os níveis de infecção congênita variam de um a 100 até 10000 nascimentos e assume grande importância, devido à gravidade com que se manifesta nos recém-nascidos. Normalmente a infecção se dá pelo consumo de carne crua ou mal cozida contendo a forma cística do parasita e de hortifrutigranjeiros contaminados com oocistos, além do contato com os oocistos a partir do meio ambiente. Outra forma possível de infecção é a ingestão de leite in natura, a partir do leite não pausteurizado de cabras infectadas. Há, entretanto, poucos estudos que confirmem a infectividade no leite, tanto a partir dos taquizoítos, como de cistos contendo bradizoítos. O T. gondii é um parasita de suma importância no contexto de produção animal e saúde pública, desta forma, pretende-se estudar a infecção toxoplásmica e a possibilidade da transmissão galatogênica, pela pesquisa do agente no leite de ratas infectadas experimentalmente, bem como pesquisar o potencial do leite como veículo de transmissão da toxoplasmose à ninhada.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COSTA, V. M.; LANGONI, H. Detection of Toxoplasma gondii in the milk of experimentally infected Wistar female rats. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 16, n. 2, p. 368-374, 2010. Citações Web of Science: 6.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
COSTA, Veruska Maia da. Transmissão galactogênica de toxoplasma gondii na infecção experimental de ratas Wistar. 2008. 114 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.