Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos mecanismos mediados pelo fator de liberação de corticotrofina e pelo complexo receptor N-metil-D-aspartato-óxido nítrico nas reações associadas a estímulos aversivos

Processo: 05/05171-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Nunes de Souza
Beneficiário:Tarciso Tadeu Miguel
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Óxido nítrico   Medo   Ansiedade   Testes de nocicepção

Resumo

Situações de perigo eliciam nos animais respostas defensivas como comportamentos de luta e fuga, imobilidade, ativação autonômica e antinocicepção. Tais reações são expressas quando o sistema cerebral de defesa (ex. hipotálamo, amígdala e matéria cinzenta periaquedutal - MCP) é ativado. Neste sentido, a estimulação química da porção dorsal da MCP (MCPd) tem sido empregada para se avaliar os mecanismos subjacentes às reações de defesa. Com características mais etológicas, o labirinto em cruz elevado (LCE) é outro modelo animal utilizado para estudar as propriedades ansiolíticas e ansiogênicas de drogas bem como para avaliar a nocicepção frente a uma situação de perigo (braços abertos). Estudos recentes revelaram que injeções intra-MCP do Fator de Liberação de Corticotropina (CRF) produzem antinocicepção e aumentam a ansiedade em ratos no LCE. Tem sido sugerido que os efeitos ansiogênicos do CRF possam ser mediados via liberação de óxido nítrico (NO). O presente estudo investigará a participação do CRF intra-MCP na antinocicepção induzida pelo medo bem como seu envolvimento nos efeitos ansiogênicos e antinociceptivos provocados pelo NO. Para isso, investigaremos a participação do CRF na antinocicepção induzida pela exposição de camundongos no LCE aberto. Para tal, serão investigados os efeitos das injeções intra-MCP de antagonistas de CRF sobre a resposta nociceptiva provocada pela injeção de formalina na pata (teste de nocicepção) em animais expostos ao LCE. Uma vez que o LCE padrão não elicia antinocicepção de modo consistente, somente será testado o LCE aberto (todos os braços sem paredes), usando-se como situação controle a exposição ao LCE fechado (todos os braços fechados). Em seguida, investigaremos a participação do complexo NO-GMPcíclico nos efeitos antinociceptivos e ansiogênicos do CRF, através da injeção intra-MCP de NPLA, inibidor da sintase de óxido nítrico neuronal (nNOS), ou do inibidor de GMPc (ODQ). Neste caso, os efeitos sobre a ansiedade serão testados no LCE padrão e a nocicepção será avaliada numa caixa (ex. arena). Ainda, investigaremos os efeitos do doador de NO (SIN-1) sobre os comportamentos defensivos e na antinocicepção e o seu possível bloqueio com antagonistas de CRF. Para caracterizar o tipo de receptor de CRF envolvido na resposta antinociceptiva, será testada a sua reversão com injeções locais de antagonistas dos receptores CRF1 (NBI 27914) e CRF2 (antisauvagine-30). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAETANO CAMPOS, KELCIANE FERREIRA; SANTANA AMARAL, VANESSA CRISTIANE; RICO, JAVIER LEONARDO; MIGUEL, TARCISO TADEU; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. Ethopharmacological evaluation of the rat exposure test: A prey-predator interaction test. Behavioural Brain Research, v. 240, p. 160-170, MAR 1 2013. Citações Web of Science: 15.
MENDES-GOMES, JOYCE; MIGUEL, TARCISO TADEU; SANTANA AMARAL, VANESSA CRISTIANE; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. Corticosterone does not change open elevated plus maze-induced antinociception in mice. Hormones and Behavior, v. 60, n. 4, p. 408-413, SEP 2011. Citações Web of Science: 8.
MIGUEL, TARCISO TADEU; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. Anxiogenic and antinociceptive effects induced by corticotropin-releasing factor (CRF) injections into the periaqueductal gray are modulated by CRF1 receptor in mice. Hormones and Behavior, v. 60, n. 3, p. 292-300, AUG 2011. Citações Web of Science: 19.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MIGUEL, Tarciso Tadeu. Papel dos mecanismos mediados pelo fator de liberação de corticotrofina e pelo complexo receptor N-Metil-D-Aspartato-Óxido Nítrico nas reações associadas a estímulos aversivos. 2010. 209 f. Tese de Doutorado - Universidade Federal de São Carlos. Programa Interinstitucional de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas. São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.