Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensino individualizado de leitura e escrita para adultos analfabetos no computador.

Processo: 06/53205-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2006
Vigência (Término): 20 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Júlio César Coelho de Rose
Beneficiário:Aline Gimenes Folsta
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/09928-4 - Relações emergentes entre estímulos e função simbólica: implicações para o comportamento, o conhecimento e o ensino, AP.PRNX.TEM
Assunto(s):Adultos   Leitura   Escrita   Equivalência de estímulos   Alfabetização

Resumo

Há cerca de dezesseis milhões de adultos analfabetos no Brasil. Tal população apresenta prejuízos em sua inserção econômica, social e mesmo política e cultural. Políticas públicas têm sido implementadas, mas ainda há carência de estudos desenvolvendo metodologias para otimização do ensino de acordo com suas necessidades. A Análise do Comportamento, especialmente a Equivalência de Estímulos, tem obtido resultados promissores no ensino de leitura e escrita para crianças e populações com necessidades especiais. Com o ensino da relação entre palavra ditada e sua forma impressa e representação em figura, foi aprendido um repertório de leitura e escrita por crianças com histórico de fracasso escolar. O treino incluía composição de palavras impressas e emparelhamento com o modelo, utilizando procedimento de exclusão para ensino sem erros. Adaptando este programa, é buscada uma replicação dos resultados com quatro adultos analfabetos, obtendo-se (1) leitura de palavras simples (do tipo consoante-vogal) e (2) soletração de palavras de treino e generalização. O procedimento propicia que o aprendiz fique sob controle das unidades mínimas formadoras das palavras (letras e sílabas) e é assumido que a aprendizagem destas unidades é a base para uma leitura com compreensão e fluência. Ainda, será desenvolvido um treino manuscrito por seu caráter social relevante, objetivando-se (3) o aprendizado da escrita cursiva. (AU)