Busca avançada
Ano de início
Entree

A idéia de ordem: tratados, arquitetura e cidade no Renascimento

Processo: 07/56421-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Mário Henrique Simão D'Agostino
Beneficiário:Ana Paula Giardini Pedro
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Renascimento   Tratados

Resumo

A tratadística renascentista sobre arquitetura teve grande inspiração no legado da antigüidade, isto é, nos magníficos edifícios e no tratado de Vitrúvio (De Architectura, c. 26 a.C). Vitrúvio foi responsável por deixar registrado o ideário que deveria pautar a produção edilícia romana na época de Otávio César Augusto. Tendo sido resgatado por Alberti, que se propôs a reescrevê-lo de forma mais erudita, corrigindo-o, o único escrito sobre arquitetura na antigüidade encontrado, o De Architectura, tornou-se a principal fonte bibliográfica para a produção científica sobre a matéria no Renascimento. Sob o prisma albertiano, com o De Re Aedificatoria, dois temas apresentados por vitrúvio tiveram grande influxo nos conceitos estabelecidos pelos demais tradaistas do quatrocentos e do quinhentos, quais sejam, o preceituário da boa arquitetura (ordinatio, dispositio, eurythmia, symmetria, decor e distributio) e o Homo bene figuratus. Estes podem ser considerados os princípios que deveriam ser perseguidos para que se pudesse alcançar a excelência na concepção e construção de uma obra. A presente pesquisa busca estudar qual o significado destes temas no tratado antigo, a assimilação deles no tratado de Alberti, que os recolocou em discussão, e nos tratados de Filarete, Francesco di Giorgio e Cesare Cesariano, responsáveis por sua consolidação no renascimento, averiguando se consistiam em princípios que limitavam ou inspiravam a liberdade na concepção da boa arquitetura. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEDRO, Ana Paula Giardini. A ideia de ordem: symmetria e decor nos tratados de Filarete, Francesco di Giorgio e Cesare Cesariano. 2011. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.