Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo da adubacao nitrogenada em hibridos de mamona de porte baixo cultivados na safra e na safrinha em semeadura direta.

Processo: 05/04240-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Carlos Alexandre Costa Crusciol
Beneficiário:Edemar Moro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Híbridos   Semeadura direta

Resumo

Atualmente a cultura da mamona tem grande demanda para produção de biodiesel. Este fato assume grande importância para agricultura brasileira devido a sua inclusão como cultura economicamente viável para médias e grandes propriedades, em função do volume de produção que será exigido. No caso da mamona pouco se conhece sobre práticas modernas de manejo em relação a adubação nitrogenada, principalmente quando se trata de híbridos de porte baixo, ciclo curto em sistema de plantio direto. Diante do exposto o objetivo desse projeto de pesquisa será estudar a influência de épocas de aplicação, fontes e doses de nitrogênio em híbridos de mamona de porte baixo no sistema de plantio direto, possibilitando a obtenção de subsídios básicos para o manejo adequado da adubação nitrogenada tanto em safra como em safrinha. O projeto de pesquisa será constituído de três experimentos conduzidos em safra e safrinha por dois anos agrícolas (2005/2006 e 2006/2007) na Fazenda Experimental Lageado da FCA/UNESP - Botucatu-SP. O delineamento experimental será em blocos casualizados, em esquema de parcela subdividida, com quatro repetições. No Experimento 1 as parcelas serão constituídas por dois híbridos de mamona (Híbrido Íris, Híbrido Savana) e as subparcelas por seis tratamentos de parcelamento da aplicação de nitrogênio de cobertura em duas épocas, aos 20 dias após a emergência e aos 40 (1- 0 e 100 kg ha-1, 2- 100 e 0 kg ha-1, 3- 30 e 70 kg ha-1, 4- 70 e 30 kg ha-1, 5- 50 e 50 kg ha-1, 6- 0 e 0 kg ha-1 de N na forma de nitrato de amônio). No Experimento 2 as parcelas serão constituídas por duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e uréia) e as subparcelas por quatro doses de nitrogênio (0, 30, 60 e 120 kg ha-1 de N) aplicadas em cobertura aos 30 dias após a emergência, sendo utilizado o híbrido Íris. No Experimento 3 as parcelas serão constituídas por dois híbridos de mamona (Híbrido Íris, Híbrido Savana) e as subparcelas de cinco doses de nitrogênio aplicadas em cobertura (0, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1 de N na forma de nitrato de amônio) aos 30 dias após a emergência. Serão realizadas as seguintes avaliações: perda de nitrogênio por volatilização de amônia, matéria seca de planta, diagnose foliar, componentes da produção, produtividade de grãos e fator de utilização do nitrogênio aplicado. Os dados serão submetidos à análise de variância. As médias de cultivares, fontes e parcelamento de N serão comparadas pelo teste de DMS a 5% e os níveis de N serão submetidos a análise de regressão.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORO, Edemar. Manejo da adubação nitrogenada em híbridos de mamona de porte baixo cultivados na safra e na safrinha em sistema plantio direto. 2008. 118 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.