Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do tempo de residência, morfometria e estado trófico sobre as associações zooplanctônicas dos reservatórios de Chavantes e Salto Grande (Rio Paranapanema, SP/PR)

Processo: 05/03311-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Marcos Gomes Nogueira
Beneficiário:Gilmar Perbiche Neves
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Reservatórios   Zooplâncton   Rios   Rio Paranapanema

Resumo

Os reservatórios de Chavantes (23°22’09.16” S – 49°36’52.63” W) e Salto Grande (22°57’26.80” S – 49°57’09.12” W) estão localizados no trecho superior-médio da bacia do rio Paranapanema. Apesar da proximidade, cerca de 40 km um do outro (distância entre barragens), esses reservatórios possuem características bem diferenciadas quanto a morfometria, tempo de residência da água e estado trófico. Recentemente, estudos limnológicos dos reservatórios em cascata do rio Paranapanema têm sido realizados, incluindo a análise das associações zooplanctônicas. Porém, o conhecimento sobre a distribuição espacial desses organismos em Chavantes e Salto Grande limita-se a informações obtidas nas zonas fluvial (início do represamento) e lêntica (próxima da barragem), e consideraram apenas o grupo dos microcrustáceos. O objetivo deste projeto é fazer uma análise comparativa detalhada dos reservatórios de Chavantes e Salto Grande, principalmente em relação à distribuição espacial da comunidade zooplanctônica – Rotifera, Cladocera e Copepoda (composição, riqueza, abundância e diversidade). Para tanto, serão realizadas amostragens trimestrais da fauna (de outubro/2005 a julho/2006) em quatorze pontos de coleta, distribuídos estrategicamente a fim de caracterizar a zona lacustre, o gradiente longitudinal e as regiões sob influência da entrada dos diferentes rios tributários. Simultaneamente, também serão obtidos dados das variáveis físicas e químicas da água (transparência, concentração de nitrogênio e fósforo totais e perfis verticais de temperatura, oxigênio dissolvido, pH e condutividade elétrica) para avaliar a sua influência sobre a composição e abundância dos organismos. O zooplâncton será identificado e quantificado, no menor nível taxonômico possível (espécie ou gênero). Análises estatísticas descritivas simples e multi-variadas serão utilizadas para verificar a correlação entre os dados obtidos e a determinação de tendências de variação na escalas espacial e temporal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PERBICHE-NEVES, GILMAR; PORTINHO, JORGE LACO; ROMERO FERREIRA, ROSA ANTONIA; NOGUEIRA, MARCOS GOMES. Increases in microcrustaceans (Cladocera and Copepoda) associated with phytoplankton peaks in tropical reservoirs. Tropical Ecology, v. 57, n. 3, p. 523-532, SEP 2016. Citações Web of Science: 0.
PERBICHE-NEVES, GILMAR; NOGUEIRA, MARCOS GOMES. Reservoir design and operation: effects on aquatic biota-a case study of planktonic copepods. Hydrobiologia, v. 707, n. 1, p. 187-198, MAY 2013. Citações Web of Science: 12.
PERBICHE-NEVES, GILMAR; ROMERO FERREIRA, ROSA ANTONIA; NOGUEIRA, MARCOS GOMES. Phytoplankton structure in two contrasting cascade reservoirs (Paranapanema River, Southeast Brazil). BIOLOGIA, v. 66, n. 6, p. 967-976, 2011. Citações Web of Science: 11.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NEVES, Gilmar Perbiche. Efeitos do tempo de residência, morfometria e estado trófico sobre as assembléias de microcrustáceos(Cladocera e Copepoda) dos reservatórios de Chavantes e Salto Grande (rio Paranapanema, SPPR). 257 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.