Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do perfil transcricional em pacientes com tolerância operacional

Processo: 06/53133-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Verônica Porto Carreiro de Vasconcellos Coelho
Beneficiário:Pedro Manoel Mendes de Moraes Vieira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Autoimunidade   Fatores de transcrição   Transplantes   Aloenxertos   Transdução de sinais

Resumo

A indução de tolerância ao alotransplante sem auxílio de drogas imunossupressoras é um dos maiores desafios da imunologia. Uma melhor compreensão dos mecanismos celulares e moleculares sobre a interação da resposta imune do receptor e o aloenxerto poderá propiciar a criação de novas abordagens terapêuticas, visando inibir a ocorrência de rejeição crônica e prolongar a sobrevida do enxerto. Levantamos como hipótese que, no estado de tolerância operacional (pacientes que mantêm a função do alonxerto na ausência de drogas imunossupressoras), os pacientes possuem um perfil imunológico diferenciado de paciências com rejeição crônica. Os estudos dos fatores de transcrição que estão sendo expressos nesses pacientes e as vias de sinalização que estão sendo ativadas ou inibidas, tanto na resposta a auto-antígenos com a antígenos alogênicos do doador, poderão fornecer um perfil imunoregulador molecular, trazendo uma contribuição importante para a compreensão de como a homeostase imunológica pode ser mantida no contexto do transplante. Para tanto, será realizada a análise por microarranjo de cDNA das vias de sinalização e dos produtos sob regulação desses fatores de pacientes transplantados em tolerância operacional, comparados com pacientes com rejeição crônica. Será também realizada, por Real Time PCR uma análise da transcrição de genes, como citocinas, fatores de transcrição e intermediários da cascata de transdução de sinais, que irão confirmar os dados obtidos por microarranjo de cDNA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Proteína produzida no tecido adiposo é gatilho para inflamação que causa diabetes 

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIEIRA, Pedro Manoel Mendes de Moraes. Estudo do perfil imunológico molecular em indivíduos transplantados renais com tolerância operacional. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.