Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo experimental para o estudo do papel do exercício no desenvolvimento da síndrome metabólica

Processo: 06/51213-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Alice Rostom de Mello
Beneficiário:Clecia Soares de Alencar Mota
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Atividade física   Modelo experimental   Perfil lipídico   Síndrome metabólica

Resumo

Na identificação da síndrome metabólica, existem controvérsias, pois não há um único critério internacional para a descrição definitiva. As alterações comuns encontradas na tentativa de definir essa síndrome incluem resistência à insulina, com ou sem diabetes mellitus tipo 2, hipertensão arterial, obesidade, dislipidemia, disfunção endotelial, entre outras. Na busca de um modelo experimental adequado ao estudo do papel do exercício no desenvolvimento de sinais da síndrome metabólica, o presente estudo visa analisar características metabólicas de ratos submetidos ao tratamento neonatal com aloxana e/ou à dieta hipercalórica altamente palatável do desmame a idade adulta. Serão utilizados ratos da linhagem Wistar, os quais receberão, aos seis dias de idade, injeção intraperitonial de aloxana - grupo aloxana (200mg/Kg de peso corporal); ou tampão citrato 0,01 M - grupo controle. Ao desmame (21 dias), os grupos serão subdivididos conforme a dieta recebida, balanceada (AIN 93) ou hipercalória, compondo 4 grupos: Controle (C); Aloxana (A); Aloxana Hipercalórica (AH) e Hipercalórica (H). Serão analisados pressão arterial, tolerância à glicose e sensibilidade periférica à insulina, secreção de insulina por ilhotas pancreáticas isoladas, composição química da carcaça, concentrações séricas de glicose, insulina, triglicerídeos, colesterol total, colesterol HDL e colesterol LDL, além das respostas dos animais a um teste de esforço, para identificação da máxima fase estável de lactato. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MOTA, Clecia Soares de Alencar. Proposta de modelo experimental para o estudo da síndrome metabólica. 2008. 160 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.