Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão, purificação e caracterização de adesinas na formação de biofilme de Xylella fastidiosa

Processo: 06/52681-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Alessandra Alves de Souza
Beneficiário:Raquel Caserta Salviatto
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/14576-2 - Características biológicas de Xylella fastidiosa em biofilme: importância dos genes de adesão e adaptação na patogênese, AP.JP
Assunto(s):Expressão de proteínas   Xylella fastidiosa

Resumo

A formação do biofilme durante o processo de colonização da X. fastidiosa é o mecanismo primário de patogenicidade deste fitopatógeno. Quando atinge o estádio maduro, o biofilme ocasiona a obstrução dos vasos do xilema. A primeira etapa para formação do biofilme consiste na adesão das bactérias às paredes dos feixes vasculares. Recentemente, estudos de expressão dos genes que codificam para estas proteínas sugerem que adesinas fimbriais e afimbriais podem ser responsáveis pela adesão da X. fastidiosa no início da formação do biofilme no hospedeiro. Contudo, a função destes genes foi atribuída por homologia com genes de outros organismos. Por este motivo, e devido a grande importância conferida aos estudos de genoma funcional, torna-se necessário o estudo da proteína codificada por estes genes, assim como, sua expressão e caracterização durante a formação do biofilme de X. fastidiosa. O estudo da expressão temporal dessas proteínas pode caracterizar seu papel biológico durante a formação do biofilme e avaliar a relação com a expressão gênica. Nesse projeto é proposta a expressão, purificação e caracterização das adesinas fimbriais PilC e FimA e afimbriais UspA1 e Hsf na formação do biofilme de X. fastidiosa. O entendimento do papel destas adesinas na formação do biofilme de X. fastidiosa poderá futuramente levar a identificação de compostos que atuem no biofilme bacteriano no interior da planta hospedeira, possibilitando um efetivo controle da CVC, doença que afeta 45% dos pomares do estado de São Paulo, causando prejuízos econômicos da ordem de 100 milhões de dólares/ano. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MURANAKA, LIGIA S.; TAKITA, MARCO A.; OLIVATO, JACQUELINE C.; KISHI, LUCIANO T.; DE SOUZA, ALESSANDRA A. Global Expression Profile of Biofilm Resistance to Antimicrobial Compounds in the Plant-Pathogenic Bacterium Xylella fastidiosa Reveals Evidence of Persister Cells. Journal of Bacteriology, v. 194, n. 17, p. 4561-4569, SEP 2012. Citações Web of Science: 32.
CASERTA, R.; TAKITA, M. A.; TARGON, M. L.; ROSSELLI-MURAI, L. K.; DE SOUZA, A. P.; PERONI, L.; STACH-MACHADO, D. R.; ANDRADE, A.; LABATE, C. A.; KITAJIMA, E. W.; MACHADO, M. A.; DE SOUZA, A. A. Expression of Xylella fastidiosa Fimbrial and Afimbrial Proteins during Biofilm Formation. Applied and Environmental Microbiology, v. 76, n. 13, p. 4250-4259, JUL 2010. Citações Web of Science: 31.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.