Busca avançada
Ano de início
Entree

Diferenciação de híbridos somáticos obtidos a partir de fusão de células tronco embrionárias e esplenócitos de camundongos para as células de linhagens germinativas in vitro

Processo: 06/53046-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética
Pesquisador responsável:Irina Kerkis
Beneficiário:Thais de Mello Cintra Lavagnolli
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diferenciação celular   Células-tronco embrionárias   Células híbridas   Reprogramação celular

Resumo

Atualmente, uma nova área de pesquisa chamada "Biologia de Células Tronco" é o alvo de interesse do campo biotecnológico devido a sua promissora utilização no tratamento de doenças e reparação de vários tecidos e órgãos humanos. Células tronco embrionárias (CTEs) têm a capacidade de auto-renovação e podem diferenciar-se em diferentes tipos celulares. Até o presente momento, somente três trabalhos foram publicados sobre a possibilidade de diferenciação de CTEs em células germinativas. O desenvolvimento de um modelo in vitro de produção dos gametas, pode ser utilizado pela indústria farmacêutica para desenvolver novas drogas para infertilidade e/ou na terapia celular em pessoas que apresentam problemas na formação de gametas. O estudo de células híbridas, formadas a partir da fusão de CTEs e células somáticas adultas, são importantes para o entendimento da reprogramação de células diferenciadas a um estado embrionário. Um problema atual da medicina reprodutiva é a limitação de doadores de oócitos, assim a diferenciação de células híbridas em células germinativas poderia tornar a obtenção de oócitos um material inesgotável. Ainda, as células híbridas poderão constituir um rico material de estudo para a compreensão da reprogramação de células diferenciadas, oriundas de um animal adulto e poderão ser utilizadas no estudo e tratamento de doenças humanas. Dessa maneira, o objetivo deste trabalho é estudar a capacidade de células híbridas de realizar o programa de diferenciação em células germinativas in vitro. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.