Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura e ecomorfologia de taxocenoses de girinos de Mata Atlântica

Processo: 06/54308-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Denise de Cerqueira Rossa-Feres
Beneficiário:Natacha Yuri Nagatani Dias
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/13341-3 - Diversidade de anfíbios anuros do estado de São Paulo, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Ecologia de comunidades

Resumo

Muitos parâmetros são usados para pesquisar padrões que estruturam comunidades, incluindo o número de espécies e suas abundâncias absolutas e relativas, suas propriedades fenotípicas e os padrões de uso e partilha de recursos. Uma abordagem que relaciona as propriedades fenotípicas (morfologia) e os padrões de uso de recursos (ecologia) de indivíduos e populações é a ecomorfologia, pois a diferenciação na forma associada ao uso de diferentes recursos tem explicado a diversidade de espécies em algumas comunidades. Nesse estudo, a diversidade de espécies de anuros de uma área de Mata Atlântica ainda não estudada, em Bertioga, SP, será avaliada através da amostragem dos girinos. A diversidade será avaliada em relação aos processos que estruturam comunidades biológicas, procurando verificar a influência de fatores contemporâneos e históricos na determinação da diversidade de espécies. Para isso, testaremos duas hipóteses não excludentes: 1) a morfologia (externa e oral interna) dos girinos é associada ao tipo de hábitat onde ocorrem, refletindo adaptação ao uso deste recurso e a influência de fatores contemporâneos; e 2) a morfologia dos girinos é associada ao grau de parentesco, refletindo restrição evolutiva e a influência de fatores históricos na estruturação das comunidades. Para este estudo, foram selecionados nove corpos d'água: três brejos, três poças e três riachos. Além disso, a riqueza, a abundância, a diversidade e as ocorrências espacial e sazonal das espécies serão determinadas em cada corpo d'água. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PROVETE, DIOGO B.; GAREY, MICHEL V.; DIAS, NATACHA Y. N.; ROSSA-FERES, DENISE DE C. THE TADPOLE OF PHYSALAEMUS MOREIRAE (ANURA: LEIUPERIDAE). Herpetologica, v. 67, n. 3, p. 258-270, SEP 2011. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DIAS, Natacha Yuri Nagatani. Estrutura de taxocenoses de girinos de Mata Atlântica. 2008. 129 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.