Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão gênica e protéica de rodopsina em células pigmentares e mecanismos de sinalização intracelular da sua modulação por endotelinas

Processo: 06/53291-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Ana Maria de Lauro Castrucci
Beneficiário:Gláucia Jansen da Re Lopes
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/02460-1 - Melanopsina: fisiologia comparativa do gene e da transdução do sinal luminoso em células pigmentares de peixes, anfíbios e mamíferos, AP.TEM
Assunto(s):Expressão gênica   Expressão de proteínas   Endotelinas   Rodopsina

Resumo

As mais diversas espécies animais são capazes de adaptação cromática frente a estímulos ambientais, sendo que essa adaptação depende de células pigmentares tegumentares ou cromatóforos. Diversos hormônios e fatores de ação parácrina atuam na regulação da mudança de cor em vertebrados. Dentre esses fatores, pode-se citar as endotelinas, que além de sua ação vasoconstritora, têm sido reconhecidas como participantes da regulação da migração e/ou produção de pigmentos em diversos grupos animais. Resultados de nosso laboratório demonstraram que a linhagem GEM-81, assim como a B16 expressam rodopsina e que essas células são fotossensíveis, indicando que a rodopsina é provavelmente funcional. Além disso, foi demonstrada a presença de receptores para endotelina ETB na linhagem GEM-81 e ETA em B16. Durante o desenvolvimento do projeto de Mestrado da bolsista (processo FAPESP- no 04/03320-7), os resultados obtidos com as linhagens GEM-81 e B16 indicam que a expressão de rodopsina é modulável por sarafotoxina S6c e endotelina-1, respectivamente. Isso torna necessária a realização de estudo que indique quais as vias de sinalização intracelular envolvidas nessa modulação e que verifique se a tradução de rodopsina é afetada por sarafotoxina S6c na linhagem GEM-81 e por ET-1 na linhagem B16. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LOPES, Gláucia Jansen da Re. Expressão gênica e protéica de rodopsina em células pigmentares e mecanismos de sinalização intracelular da sua modulação por endotelinas. 2009. 120 f. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.